Senado dá posse ao 21º suplente em 2012

Com a entrada de João Costa Ribeiro Filho, o PPL passa a ter um senador

O Plenário do Senado formalizou há pouco a posse de João Costa Ribeiro Filho no lugar do senador titular Vicentinho Alves (PR-TO), que pediu licença para assumir o posto de secretário estadual extraordinário para Assuntos Legislativos junto ao Congresso, no governo Siqueira Campos (PSDB). Trata-se do 21º suplente a assumir, temporária ou definitivamente, uma cadeira entre os 81 senadores desta legislatura.

Natural de Monte Carmelo (MG), João Costa é filiado ao Partido Pátria Livre (PPL), e iniciou a carreira política em Tocantins. Mestre em Direito e servidor concursado da Embrapa, o novo senador foi estagiário da Caixa Econômica e professor universitário – credenciais lembradas pelo senador Gim Argello (PTB-DF), que ciceroneou o novo colega no plenário e o conduziu até à Mesa Diretora.

Ao tomar posse, pontuou o discurso com menções religiosas e chegou a citar o compositor Oswaldo Montenegro, em seu poema “Metade”. “Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio. Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca”, declamou João Costa da tribuna, depois de classificar os brasileiros como um povo “aquecido e encantado pelo sol”.

Alguns suplentes ficarão no posto até o fim das campanhas municipais deste ano, cujo segundo turno será realizado em 28 de outubro – caso de Tomás Correia (PMDB-RO), que substitui o titular Valdir Raupp (PMDB-RO); e Cidinho Campos (PR-MT), suplente de Blairo Maggi (PR-MT). No caso de João Costa, ele pode exercer mandato até 31 de janeiro de 2019, caso o titular Vicentinho Alves não queira reassumir o posto.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!