Sem acordo, CMO adia votação para presidência

PMDB e PP travam disputa regimental e mantêm impasse sobre a preferência na indicação do nome para o comando da comissão. Nova sessão é marcada para o dia 17

A reunião da Comissão Mista de Orçamento (CMO) desta terça-feira (10), realizada para eleger a presidência e os três vice-presidentes do colegiado, terminou mais uma vez sem entendimento entre os parlamentares. A vaga principal é disputada entre Arthur Lira (PP-AL) e Sergio Souza (PMDB-PR). O deputado Milton Monti (PR-SP) também concorria ao posto de comando, mas desistiu da candidatura.

A comissão, que tem sido liderada por Simão Sessim (PP-RJ), parlamentar mais velho e com o maior número de mandatos dentro do colegiado, precisou ser interrompida para membros do PMDB e do PP traçarem um acordo. No entanto, o prazo de uma hora cedido pela presidência não foi suficiente para que as legendas chegassem a um entendimento. PMDB e PP protagonizam uma disputa regimental e não conseguem estabelecer qual dos dois partidos tem a preferência na indicação do nome para ocupar o principal posto da comissão.

Sem acordo, Sessim precisou adiar a votação para o próximo dia 17. Ainda de acordo com o deputado que conduz temporariamente os trabalhos da CMO, até lá serão analisadas questões de ordem apresentadas por deputados do PMDB e do PP durante a sessão desta tarde.

Mais sobre Orçamento

Mais sobre economia brasileira

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!