Saúde publica cancelamento de convênio com ONG

Cancelamento foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União após revelação de que pai de ministro é fundador e sócio da entidade. Padilha deixa o governo na próxima semana para cuidar da pré-candidatura ao governo de São Paulo

O Ministério da Saúde publicou hoje (31) no Diário Oficial da União o cancelamento de convênio com a organização não governamental (ONG) Koinonia - Presença Ecumênica e Serviço, da qual Anivaldo Padilha, pai do ministro Alexandre Padilha, é sócio e fundador.

O anúncio do cancelamento foi feito ontem (30) pelo próprio ministro à imprensa após evento em São Paulo. Segundo ele, o pai não recebe nenhuma remuneração da ONG desde 2009 e o convênio foi firmado dentro de todos os procedimentos regulares.

"Para que ninguém faça qualquer tipo de exploração política contra a instituição, que existe há 20 anos, eu tomei a decisão hoje de solicitar ao [Departamento] Jurídico do ministério que tome todas as medidas legais possíveis para cancelar esse convênio, mesmo tendo passado por todos os procedimentos legais”, disse.

Também ontem, a Presidência da República oficializou que Padilha vai deixar o governo na próxima segunda-feira (3). O cargo será ocupado por Arthur Chioro, atual secretário de Saúde de São Bernardo do Campo (SP).

Leia mais sobre o assunto

Outras notícias sobre as eleições 2014

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!