Sarney convoca reunião da Comissão Representativa para quinta-feira

Colegiado vai analisar o pedido de convocação do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, para esclarecer recentes denúncias contra a pasta

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), convocou sessão da Comissão Representativa do Congresso para a próxima quinta-feira (12). Em pauta, os requerimentos apresentados pela oposição pedindo a convocação do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e de informações sobre as recentes denúncias contra a pasta. Desde a semana passada, o ministro é acusado de favorecimento de parentes com cargos e distribuição de verbas.

Nos jornais: depois de pôr irmão em estatal, ministro deu cargo ao tio em comitê
Ministério nega favorecimento a filho de ministro da Integração
Nos jornais: filho de ministro é campeão de emendas na pasta do pai

Na semana passada, foram apresentados dois requerimentos ao presidente do Senado. O primeiro pede informações à pasta sobre a distribuição de verbas e quer a convocação de Bezerra. O outro solicita a realização de uma reunião da Comissão Representativa para tratar dos assuntos. Além destes requerimentos, mais dois devem ser analisados. Os líderes do PSDB e do DEM no Senado, Álvaro Dias (PR) e Demóstenes Torres (GO), prometem apresentar pedidos para o ministro se explicar no Congresso.

Reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo mostrou que 90% das verbas para a área foram destinados a Pernambuco, estado natal do ministro Fernando Bezerra Coelho. Na sexta-feira, o titular da pasta se prontificou a comparecer e esclarecer as denúncias. A Comissão Representativa do Congresso – formada por oito senadores e 17 deputados indicados pelas lideranças partidárias – está de plantão desde o dia 23 de dezembro. O plantão vai até 1º de fevereiro. As reuniões são convocadas pelo presidente. Para que sejam realizadas, é necessária a presença mínima de três senadores e seis deputados.

PPS pede reunião da Comissão Representativa do Congresso
Ministro afirma que Dilma sabia dos repasses a Pernambuco

Com informações da Agência Brasil

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!