Saque de contas inativas do FGTS começa em 10 de março

Ao todo, mais de R$ 43 bilhões estão parados nessas contas. Calendário definido pelo governo prevê escalonamento para os saques, entre março e julho, conforme o mês de nascimento do titular. Saiba em que circunstância e quando você poderá sacar

 

 

Mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a sacar dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir do dia 10 de março. Ao todo, mais de R$ 43 bilhões estão parados nessas contas. Calendário definido pelo governo prevê escalonamento para os saques, entre março e julho, conforme o mês de nascimento do titular da conta (veja as datas abaixo).

Poderá retirar o dinheiro quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. A conta se torna inativa após a extinção ou rescisão do contrato de trabalho. Até então, só tinha direito a sacar o recurso quem estivesse desempregado por, ao menos, três anos ininterruptos. O trabalhador não poderá sacar de conta ativa, ou seja, aquela que recebe depósitos do empregador atual.

O governo estima que R$ 34 bilhões serão sacados das contas inativas por trabalhadores. Os cálculos do Executivo indicam que 80% das pessoas têm até R$ 1.500 para retirar.

Sacam em março: nascidos em janeiro e fevereiro

Sacam em abril: nascidos em março, abril, maio

Sacam em maio: nascidos em junho, julho e agosto

Sacam em junho: nascidos em setembro, outubro, novembro

Sacam em julho: nascidos em dezembro

Mais sobre FGTS

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!