Saiba como cada deputado votou no arquivamento da convocação de Geddel

Requerimento apresentado pelo deputado Jorge Solla (PT-BA) foi rejeitado por 17 votos a 3. Apenas parlamentares da mesma legenda do requerente – Adelmo Carneiro Leão (MG) e Paulão (AL) – foram a favor da convocação do ministro de Temer

Em reunião realizada nesta quarta-feira (23), os membros da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle na Câmara (CFFC) que formam a base aliada ao governo conseguiram barrar a convocação do ministro Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, para se explicar sobre a denúncia de tráfico de influência ou advocacia administrativa. O requerimento, apresentado pelo deputado Jorge Solla (PT-BA), foi rejeitado por 17 votos a 3. Apenas parlamentares da mesma legenda do requerente – Adelmo Carneiro Leão (MG), Paulão (AL) e o próprio Solla – foram a favor da convocação do ministro de Michel Temer.

Leia também:
Em reunião com troca de xingamentos, governo barra convocação de Geddel na Câmara

Até o líder do governo, André Moura (PSC-SE), que não faz parte do colegiado, compareceu à comissão para defender o ministro, acusado pelo ex-titular da Cultura Marcelo Calero de lhe pedir que interferisse na liberação da construção de um prédio, onde tem um imóvel, em área histórica de Salvador. Abaixo, veja os parlamentares que votaram contra o pedido de esclarecimentos e livraram Geddel Vieira Lima de detalhar a suspeita de interferência.

 

 

Mais sobre Geddel Vieira Lima

Mais sobre Legislativo em crise

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!