Roberto Jefferson volta ao comando do PTB

Ex-deputado retorna à presidência do partido depois de receber perdão judicial. Jefferson foi condenado a 7 anos e 14 meses pelo mensalão, em 2012, e conseguiu liberdade em março deste ano

O ex-deputado Roberto Jefferson voltou à presidência nacional do Partido Trabalhista Brasileiro. Ele retoma o comando da legenda depois de 2 anos afastado do cargo. Em 2014, Jefferson concedeu o lugar à filha, deputada federal Cristiane Brasil (RJ), ao ser preso em regime semi-aberto, quando condenado pelo mensalão.

Entretanto, assim que o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu perdão judicial ao ex-parlamentar que havia sido condenado a sete anos e 14 meses de reclusão, em março deste ano, Jefferson voltou a atuar nos bastidores da legenda para retomar o cargo.

O anúncio foi feito hoje (quinta, 14) no Diretório Nacional do PTB, em Brasília. Apesar de estar concentrado na tarefa de conseguir todos os votos da bancada em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, Jefferson afirmou que não guarda ressentimentos do ex-presidente Lula. O ex-deputado foi preso após delatar o esquema de compra de votos no Congresso Nacional no primeiro mandato de Lula.

O PTB já fechou questão sobre o apoio ao processo de afastamento da presidente Dilma, mas a legenda decidiu que os parlamentares que votarem contra o impedimento não serão penalizados.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!