Renan diz que seria “desproporcional” retirar direitos políticos de Dilma

Presidente do Senado disse que seria "desproporcional" aplicar a pena da inabilitação para o exercício das funções públicas além da cassação do mandato. "Era desproporcional afastar e punir", avalia Renan

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que integra a comitiva de autoridades brasileiras em viagem à China, comentou neste sábado (3) o julgamento fatiado do impeachment de Dilma Rousseff. O peemedebista disse que seria "desproporcional" aplicar a pena da inabilitação para o exercício das funções públicas, além da cassação do mandato. "Era desproporcional afastar e punir", avalia Renan.

O presidente negou que, nos bastidores, a manutenção dos direitos políticos de Dilma tenha sido objeto de negociação. Renan também ressaltou que o procedimento adotado no julgamento do impeachment não abre precedente que possa beneficiar o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ou o senador cassado Delcídio do Amaral (MS).

Delcídio apresentou um recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (2), em que solicita a restauração de seus direitos políticos, utilizando como argumento a decisão que favoreceu Dilma. Aliados de Eduardo Cunha avaliam que a mesma tese poderá ser utilizada para poupar o peemedebista em seu processo de cassação."Nenhuma [brecha] para Eduardo Cunha e Delcídio [do Amaral]", disse Renan.

O presidente também comentou os recursos apresentados no STF por partidos de oposição à petista contra a votação que preservou seus direitos políticos. Para ele, há "uma judicialização da política", e cabe à corte avaliar aspectos procedimentais do julgamento. Quanto à reação de Dilma, que em entrevista a jornalistas estrangeiros no Palácio do Alvorada nesta sexta-feira (2), disse considerar "estranhíssima" a dupla votação, Renan não deu muita importância e argumentou: "Claro que ela não se sente contemplada por isso, ela queria não ter sido afastada".

Mais sobre impeachment

Mais sobre crise brasileira

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!