Renan cancela confraternização de Natal do Senado após ser afastado da presidência

Cerimonial da Presidência do Senado enviou e-mail para os parlamentares comunicando que a festa, programada para hoje na residência oficial do comandante da Casa, estava cancelada

Reprodução
Reprodução
 

Além de travar os trabalhos no Congresso Nacional, o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado também colocou água no chope da tradicional confraternização de fim de ano dos parlamentares. A festa foi cancelada. Os parlamentares ficaram sabendo na manhã desta terça-feira (15) após receberem comunicado do cerimonial da presidência, por e-mail.

“O cerimonial da presidência comunica que foi cancelado o jantar de confraternização natalina previsto para as 20h30 do dia 6 de dezembro de 2016, na residência oficial do Senado”, diz o texto do e-mail enviado aos parlamentares, como mostra a reprodução acima. A festa aconteceria na casa onde, atualmente, mora Rena Calheiros, na Península dos Ministros, em Brasília.

O cancelamento ocorreu depois que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio de Mello determinou o afastamento imediato do senador Renan Calheiros da Presidência do Senado. Movida por uma representação da Rede Sustentabilidade, a decisão foi formalizada por meio de liminar, com caráter provisório, e depende da análise do plenário da Corte para ser referendada.

A Mesa Diretora do Senado, por sua vez, definiu que irá aguardar a decisão do plenário do STF para definir ser realmente afastará, ou não, Renan Calheiros da presidência.

Mais sobre Renan Calheiros

Mais sobre Legislativo em crise

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!