Relator quer reduzir debate para garantir votação de impeachment domingo

Jovair Arantes vai se reunir com lideranças da oposição para abreviar tempo destinado à manifestação dos partidos para que a votação comece às 16 horas deste domingo

O deputado Jovair Arantes (PTB-GO), autor do relatório que pede abertura de processo de impeachment contra Dilma, disse há pouco que vai se reunir com lideranças da oposição para tentar reduzir o tempo destinado à manifestação dos partidos nessa sessão de debates.

Há mais de 26 horas os parlamentares revezam-se na tribuna para ora defender o impeachment ora criticar o processo que pode culminar no afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Todos os partidos representados na Câmara têm direito de se manifestar por uma hora. No total, são 25 partidos. Neste momento, o Psol está na tribuna, mas ainda faltam seis legendas: Pros, Rede, PtdoB, PSL, PEN e PMB.

O deputado sugere que os partidos restantes falem por 40 minutos, em vez de uma hora. Se houver acordo para reduzir esse tempo, a sessão para votar o parecer  deve começar às 16 horas de domingo. “Se o cronograma for cumprido, isso vai resgatar o prestígio da Câmara. Não vai frustrar o interesse da população de acompanhar a votação e de ter o resultado ainda na noite de domingo”, disse Jovair Arantes.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!