Quem é quem na conta do pasteleiro

 

Eduardo Militão

O rastreamento da conta do pasteleiro Severino Lourenço Neto mostra como a quadrilha do creche valeu-se de seu dinheiro. A presença de um nome na listagem abaixo não significa que, necessariamente, a pessoa faça parte do grupo de fraudadores. Alguns personagens foram indiciados e outros não. Sobre outros, não há informações.

Veja aqui o caminho detalhado do dinheiro e o perfil de cada um dos beneficiados:

 

VALOR DE CADA TRANSFERÊNCIA

 

25 de março de 2008
Andreza Batista de Souza R$ 94,00

 

26 de novembro de 2008
Francisco José Feijão de Araújo R$ 1.500,00

 

11 de fevereiro de 2009
Paulo Guilherme L. Santos R$ 250,00

 

25 de fevereiro de 2009
Francisco José Feijão de Araújo R$ 880,00

 

27 de março de 2009
Márcia Mudado Suassuna R$ 100,00

 

2 de abril de 2009
Débora Ferreira Leal R$ 850,00

 

2 de abril de 2009
Clayton Rossi Fonseca R$ 50,00

 

8 de abril de 2009
Andreza Batista de Souza R$ 700,00

 

16 de abril de 2009
Adriano Gamberoni Viana R$ 480,00

 

24 de abril de 2009
Francisco José Feijão de Araújo R$ 880,00

 

30 de abril de 2009
Débora Ferreira Leal R$ 800,00

 

13 de maio de 2009
Maria Cristina P. Barreto R$ 50,00

 

9 de junho de 2009
Maria Cristina P. Barreto R$ 50,00

 

25 de junho de 2009
Paulo Guilherme L. Santos R$ 78,00

 

25 de junho de 2009
Márcia Mudado Suassuna R$ 100,00

 

17 de julho de 2009
Wanda Rocha de Paula R$ 50,00

 

27 de julho de 2009
Paulo Guilherme L. Santos R$ 78,00

 

30 de julho de 2009
Wanda Rocha de Paula R$ 60,00

 

3 de setembro de 2009
Márcia Mudado Suassuna R$ 20,00

 

TOTAL R$ 7.070,00
QUEM É QUEM

 

Francisco José Feijão de Araújo Franzé - Motorista particular do Mabel e suposto líder da quadrilha. Foi indiciado.Recebeu, no total, R$ 3.260,00

 

Débora Ferreira Leal - Estudante a quem Mabel ajuda com R$ 800 por mês para pagar sua faculdade, segundo Solange. Filha da ex-prefeita de Flores de Goiás Maria dos Reis Leal (PR), derrotada nas últimas eleições. Recebeu R$ 1.650,00

 

Andreza Batista de Souza - Trabalhou no gabinete de Mabel até dezembro de 2009. Fazia compras de presentes para os outros e, ocasionalmente, pagava com seu cartão e era reembolsada pelo deputado, segundo Solange. Recebeu R$ 794,00

Adriano Gamberoni Viana - Pessoa não identificada. Ganhou R$ 480,00

 

Paulo Guilherme Lima Santos - Filho da funcionária Aparecida Margarett Lima. Margareth disse a Solange ter entregue R$ 78,00 a Franzé para depositar na conta do filho Paulo Guilherme. Recebeu R$ 406,00

 

Márcia Mudado Suassuna - Ex-funcionária do Sesc, Maria Celeste pediu R$ 200 à Maria Solange, segundo seu depoimento. Como não tinha conta, pediu para mandar pra conta poupança de Márcia Mudado, que afirma já ter recebido de volta seu cartão magnético. Nenhuma das duas foi indiciada. Ficou com R$ 220,00

 

Wanda Rocha de Paula - Eleitora do deputado Sandro Mabel, segundo Solange, que pediu para Franzé depositar R$ 40 para compra de remédios.Recebeu do pasteleiro R$ 110,00

Maria Cristina Barreto - Ex-companheira de Franzé. Solange diz que Franzé depositaria R$ 50 para paga pensão-alimentícia. Da conta do pasteleiro, ficou com R$ 100,00

Clayton Rossi Fonseca - Pessoa que “contribui politicamente” com Mabel em Formosa e emitiu estorno de passagem aérea, segundo depoimento de Solange.Recebeu R$ 50,00

 

Fonte: Congresso em Foco, com base em entrevistas, informações da Caixa Econômica Federal e dos depoimentos de Celeste Romualdo e Solange Lima

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!