PT se une a ex-tucano na disputa eleitoral em Curitiba

A decisão foi no voto. Houve 167 delegados a favor da união com o PDT e 128 contra.

O PT do Paraná se aliou ao ex-deputado federal do PSDB Gustavo Fruet (hoje PDT) para disputar a prefeitura de Curitiba. Crítico do governo do então presidente Lula, Fruet foi um dos mais ativos membros da CPI dos Correios, que investigou o mensalão, suposto suborno pago a parlamentares em troca de votos favoráveis ao Palácio do Planalto. Neste sábado (28), foi definido os petistas não terão candidatura própria, mas andarão juntos com o PDT para derrubar o grupo político que dirige a cidade.

Leia outros destaques de hoje no Congresso em Foco

“O fato é inédito na história da legenda, mas defendido como estratégia para tirar do poder o grupo conservador que governa Curitiba há três décadas”, disse a assessoria do diretório estadual do PT em comunicado.

A decisão foi no voto. Houve 167 delegados a favor da união com o PDT e 128 contra.

Saiba mais sobre o Congresso em Foco (2 minutos em vídeo)

Continuar lendo