PT escolhe Delcídio para comandar Comissão de Assuntos Econômicos

Senador disputava com Gleisi Hoffmann indicação ao posto de comando, e acordo deu à senadora petista a vice-presidência da CCJ. Confira outras definições para comissões temáticas

O PT decidiu pela indicação do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) para comandar a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no biênio 2015-2016. Ele já ocupou o cargo em 2011 e 2012. Gleisi Hoffmann (PR), também cogitada para o posto, deve ficar com a vice-presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A solução foi anunciado na tarde desta quarta-feira (4) pelo líder do PT, senador Humberto Costa (PE), após reunião da bancada.

Segundo Humberto, Delcídio e Gleisi conversaram e decidiram apresentar a proposta referendada pelo partido. Com a questão resolvida, disse o líder, a CAE deverá fazer sua primeira reunião na próxima terça-feira. A indicação de Delcídio, assim como a do vice-presidente da CAE, que deve ser do PMDB, ainda passará por eleição interna no colegiado. A distribuição dos cargos, porém, já foi acordada por todos os partidos.

Agricultura

A senadora Ana Amélia (PP-RS) e o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) foram eleitos, nesta quarta-feira (4), respectivamente como presidente e vice-presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) para o biênio 2015-2016. Em seguida, a senadora realizou a primeira sessão deliberativa e aprovou três requerimentos para realização de audiências públicas, entre as quais uma sobre o movimento dos caminhoneiros.

A eleição da presidência da CRA foi feita por aclamação de todos os senadores presentes, e Ana Amélia foi indicada pelo ex-presidente da comissão, senador Benedito de Lira (PP-AL). Todos os senadores presentes parabenizaram a indicação de Ana Amélia e aproveitaram para ressaltar a importância do movimento dos caminhoneiros como um dos problemas que a CRA deve debater.

Desenvolvimento

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito, por aclamação, para a presidência da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) no biênio 2015-2016. O vice-presidente será escolhido posteriormente pelos parlamentares.

Davi afirmou que trabalhará para garantir avanços às Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e assim diminuir as diferenças sociais e econômicas. Ele disse que pretende buscar contato com agências reguladoras, bancos de desenvolvimento regional e ministérios como o da Integração, Cidades e Turismo. A valorização do turismo também foi mencionada.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!