PT e PSDB lideram em quase metade das capitais

De acordo com as últimas pesquisas divulgadas, os dos principais antagonistas da política brasileira estão na frente, cada um, em seis capitais do país

Os partidos que representam os três últimos governos brasileiros amanhecem neste domingo (7) liderando as pesquisas de intenção de voto em doze das 26 capitais do país que escolhem hoje seus novos prefeitos. Pelas pesquisas divulgadas até a noite de ontem, PT e PSDB estão à frente em seis capitais cada um. Mas é em São Paulo – a eleição mais importante e disputada do país – Salvador, Recife e Fortaleza que eles brigam para conseguir resultados mais expressivos, vencendo ou passando para o segundo turno. As estrelas dos dois partidos são o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) e o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB), ambos numa acirrada eleição na capital paulista.

 

Entre aqui para pesquisar a ficha dos candidatos
Veja aqui o resultado das últimas pesquisas em cada estado
Serra, Russomano e Haddad empatados em São Paulo

Pelo levantamento do Congresso em Foco, o segundo partido com mais candidatos líderes é o PDT, com chances de vencer em três capitais, inclusive Porto Alegre (RS) já no primeiro turno com a reeleição de José Fortunati. PMDB – que pode reeleger Eduardo Paes no Rio de Janeiro –, PSB – com chances de fazer Geraldo Júlio, em Recife, e reeleger Márcio Lacerda, em Belo Horizonte – e PV lideram em duas capitais. DEM, Psol, PSC, PP e PSD lideram em uma.

Partido Líderes
PT 6
PSDB 6
PDT 3
PMDB 2
PSB 2
PV 2
DEM 1
PSOL 1
PSC 1
PP 1
PSD 1

Disputando seis capitais, o PT já virou em Salvador (BA) com o deputado Nelson Pellegrino. Ele tem 34% das intenções de voto totais, segundo o Ibope. Já o deputado ACM Neto (DEM) tem 29%. Eles devem ir juntos para o segundo turno. Em Fortaleza (CE), o petista Elmano de Freitas está com 26% segundo o Ibope, à frente de Roberto Cláudio (PSB), com 22%, e de Moroni Torgan (DEM), com 17%. Pela margem de erro de três pontos percentuais do estudo, não se sabe se Torgan ou Cláudio irão ao segundo turno contra o PT.

O PSDB, que também lidera em seis capitais, tem seu maior trunfo em São Paulo. Mas a folga é mínima e, tecnicamente, está empatado com mais dois adversários. O tucano José Serra lidera por apenas um ponto percentual segundo o Datafolha, com 24%. Tem em seu encalço Celso Russomano (PRB, 23%) e o petista Fernando Haddad (20%). Pelo Ibope, os três candidatos têm 22%. O cenário para os segundo turno é imprevisível.

Outra liderança importante do PSDB é em Manaus, onde o ex-senador Arthur Virgílio tem 31%. É seguido de perto pela senadora Vanessa Graziotin (PCdoB), com 29%. Os tucanos ainda tentam entrar no segundo turno em Recife, com Daniel Coelho, a fim de disputar a prefeitura contra Geraldo Júlio (PSB), candidato de Eduardo Campos.

Curitiba

O PV, que aparece liderando em duas capitais, parece ocupar uma posição melhor que a do PSC, com apenas uma. O ex-partido da ambientalista Marina Silva está à frente em Palmas e Porto Velho.

Já o PSC lidera em Curitiba (PR). Pelo Datafolha, o deputado Ratinho Júnior tem 34% e está à frente do atual prefeito, Luciano Ducci (PSB). Ducci, que tenta um novo mandato, está com 24%, empatado tecnicamente com o ex-tucano Gustavo Fruet (PDT), com 21%. Tanto o Ibope como o Datafolha não permitem dizer quem, Ducci ou Fruet, irá ao segundo turno contra Ratinho.

O levantamento do Congresso em Foco considerou as pesquisas divulgadas até ontem, analisando os votos totais em pesquisas estimuladas. Os empates técnicos não foram considerados. Quando havia mais de um estudo para a mesma cidade, optou-se pelo que tinha a menor margem de erro.

Tudo sobre eleições

Saiba mais sobre o Congresso em Foco (2 minutos em vídeo)

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!