PT diz que Lula é inocente e que não aceitará condenação baseada em “indícios falsos”

 

Em nota assinada por sua nova presidente, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), o Partido dos Trabalhadores diz que não aceitará sentença do juiz Sérgio Moro para o ex-presidente Lula baseada “em indícios falsos e especulações partidarizadas”. Réu em ação que investiga ilícitos sobre negociações de um tríplex no Guarujá (SP), o petista está prestes a receber sentença de Moro nos próximos dias, depois da fase de alegações finais das partes. Sem citar a revista IstoÉ, a nota do PT (íntegra abaixo) faz menção às “matérias publicadas pela imprensa” neste fim de semana – em sua capa, a semanal adianta o que seria o veredito para Lula: 22 anos de cadeia por crimes como ocultação de patrimônio e corrupção passiva.

MPF pede prisão de Lula e cobra multas que somam R$ 87 milhões em caso do tríplex do Guarujá

“Não aceitaremos vereditos baseados em indícios falsos e especulações partidarizadas, conforme possibilidade que já vem sendo aventada pela imprensa, e que contrariem até documentos oficiais de órgãos públicos que atestam que o ex-presidente nunca foi proprietário de tal imóvel”, diz trecho da nota intitulada “Lula é inocente”.

“Frente à inexistência absoluta de provas que possam embasar as denúncias contra Lula, nossa militância segue atenta e mobilizada para, junto com outros setores da sociedade brasileira, dar a resposta adequada para qualquer sentença que não seja a absolvição completa e irrestrita de Lula”, acrescenta o comunicado.

O caso já se arrasta há quase dois anos. O Ministério Público Federal (MPF) pede a condenação de Lula e de Léo Pinheiro, domo da OAS, e outros cinco réus por crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro. Investigadores dizem acreditar que o apartamento tríplex foi uma maneira de a empresa OAS pagar propina ao ex-presidente . O MPF também pede o pagamento de multas que totalizam R$ 87 milhões.

A investigação apontou que o apartamento na cidade litorânea era destinado a Lula como uma forma de contrapartida pela ação do petista, quando presidente da República, em favor da OAS a respeito de contratos com a Petrobras. O valor da multa pedida para o petista é muito superior às supostas benesses recebidas pelo ex-presidente – o tríplex e o contrato com a transportadora Granero para armazenagem de parte do acervo que Lula recebeu enquanto presidente chega a, aproximadamente, R$ 3,7 milhões.

Leia a íntegra da nota:

“NOTA OFICIAL

LULA É INOCENTE

O Partido dos Trabalhadores vem a público se manifestar sobre matérias publicadas pela imprensa no final de semana, referentes à suposta condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá. Os boatos causaram indignação na militância petista e em todos os segmentos da sociedade brasileira preocupados com a manutenção da Justiça e do Estado Democrático de Direito em nosso país.

Frente a esse momento grave da história do Brasil, a Direção Nacional do PT informa que acompanha atentamente a evolução desse processo judicial, na certeza que não existe nenhuma possibilidade de sentença justa que não seja a absolvição do ex-presidente.

Frente à inexistência absoluta de provas que possam embasar as denúncias contra Lula, nossa militância segue atenta e mobilizada para, junto com outros setores da sociedade brasileira, dar a resposta adequada para qualquer sentença que não seja a absolvição completa e irrestrita de Lula. Não aceitaremos vereditos baseados em indícios falsos e especulações partidarizadas, conforme possibilidade que já vem sendo aventada pela imprensa, e que contrariem até documentos oficiais de órgãos públicos que atestam que o ex-presidente nunca foi proprietário de tal imóvel.

No momento em que avançam no Congresso Nacional propostas contra os trabalhadores e o povo brasileiro, e políticos conservadores são inocentados e preservados e que bandidos são soltos para viverem nababescamente no exterior, condenar Lula, o maior líder popular na nossa história, significaria desferir um golpe mortal contra a justiça e a democracia do Brasil.

Uma hipotética condenação de Lula teria como único objetivo afastá-lo das eleições de 2018, o que é absolutamente inaceitável. Sem Lula, as eleições presidenciais não terão legitimidade e não passarão de uma fraude contra o povo brasileiro.

Viva a Democracia!

Viva o presidente Lula!

Senadora Gleisi Hoffmann,
Presidenta Nacional do PT”

 

Mais sobre Lula

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!