PT divulga ato em defesa do “preso político” Vaccari

Grupo “Amigos do Vaccari” programa para sexta evento para comemorar os 57 anos do ex-tesoureiro petista. “Defender Vaccari é defender o legado da esquerda, do PT e a democracia”, diz convite publicado pelo site do diretório paulista do partido

O diretório estadual do PT divulga, em sua página na internet, um ato em defesa do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, preso desde abril e condenado pela Justiça Federal a 15 anos de prisão na Operação Lava Jato. O evento, chamado de “A verdade sobre Vaccari”, pretende comemorar os 57 anos do ex-tesoureiro, completados no último dia 30, e defendê-lo como um “preso político”.

A manifestação, prevista para as 19h na Rua Carlos Sampaio, no bairro da Bela Vista, é organizada pelo grupo “Amigos do Vaccari”. “A condenação de Vaccari, da forma como fez Sérgio Moro, tentando criminalizar as doações oficiais de um único partido, é um atentado à democracia. É apenas mais uma expressão da perseguição cotidiana ao projeto político vitorioso nas urnas”, diz o texto do convite publicado no site do PT-SP.

Segundo o convite, “defender Vaccari é defender o legado da esquerda, do PT e a democracia”. Preso há oito meses, Vaccari foi condenado a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa. O ex-tesoureiro é acusado de receber R$ 4,3 milhões em propina em forma de doação oficial ao PT. Ele ainda é alvo de outras duas ações da Lava Jato ainda não julgadas.

Mais sobre João Vaccari Neto

Mais sobre a Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!