PT confirma apoio a Renan para presidente do Senado

Opção foi manter o apoio ao candidato indicado oficialmente pela bancada do PMDB, observando os princípios da autonomia e da proporcionalidade, diz Humberto Costa. Eleição será realizada hoje

Após quase três horas de reunião, neste sábado (31), os senadores do PT decidiram que o partido vai apoiar a reeleição de Renan Calheiros à Presidência do Senado. A escolha será neste domingo (1º), por votação secreta no Plenário, vencendo o candidato que obtiver maioria simples, desde que presentes pelo menos 41 senadores.

O líder do PT, senador Humberto Costa (PE), explicou que a opção foi manter o apoio ao candidato indicado oficialmente pela bancada do PMDB, observando os princípios da autonomia e da proporcionalidade. O adversário de Renan é o também peemedebista Luiz Henrique (SC).

- Todos temos enorme respeito ao Luiz Henrique, que é um dos melhores quadros de que dispomos. Mas temos que cumprir o compromisso histórico que o PT sempre teve: respeitar a proporcionalidade e as decisões das bancadas – afirmou Humberto.

Segundo ele, o PT pretende manter Jorge Viana como 1º-vice-presidente e Ângela Portela (RR) como quarta-secretária. As presidências das comissões e a liderança da bancada devem ser definidas na próxima segunda-feira (2).

Conforme Humberto Costa, não houve discussão sobre eventual punição caso algum senador petista vote em desacordo com a bancada, até porque o voto é secreto.

- A consciência de cada um é que vai ditar a postura. Mas acredito numa posição unânime. O PT sempre teve como característica votar em conjunto. Todos têm o direito de se manifestar, mas, depois que uma posição é tomada, sempre caminhamos na mesma direção – afirmou.

Mais sobre Eleição da Mesa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!