Psol desiste de recorrer por perda de cargos

Partido foi prejudicado por nova regra de divisão dos Cargos de Natureza Especial na Câmara, mas resolveu que não irá ao Supremo Tribunal Federal contra a norma

Depois de brigar para manter ao menos alguns cargos de natureza especial (CNEs) em sua liderança, o Psol da Câmara jogou a toalha. O partido não vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e resolveu se adaptar à nova resolução da Casa que redividiu os cargos entre os partidos. “A resolução foi aprovada e será cumprida. O partido se adequará aos cargos que estão disponíveis, aos oito CNEs”, informou a assessoria da liderança.

Como revelou o Congresso em Foco, uma proposta feita para cumprir promessas da campanha de Marco Maia (PT-RS) à presidência da Câmara redividiu os cargos dos partidos na instituição. Os grandes partidos ganhariam cargos e manteriam os que já tinham, mesmo que tivessem reduzido suas bancadas, casos do DEM e do PMDB. Para compensar, as pequenas legendas, como o PSOL, sairiam prejudicadas.

A proposta foi aprovada pelo plenário em 5 de julho. O Psol e o PR, interessado em ganhar mais dez cargos, protestaram em plenário chamando o projeto de “golpe”. O Psol deixou de ter direito a 17 CNEs e ficará com apenas oito, embora lutasse para manter ao menos 12.

Mesmo com a ajuda do líder do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), os ex-petistas não tiveram sucesso. Entretanto, ele prometeu fazer algum acordo “bilateral” com o Psol, reduzindo alguns cargos dos democratas em prol do partido de Chico Alencar (RJ), Ivan Valente (SP) e Jean Wilis (RJ).

A reportagem não localizou ACM Neto para saber se a ajuda se concretizou. Segundo a assessoria do PSOL, não houve esse apoio, que não seria admitido pelo partido. "Antes do recesso o líder Chico Alencar afirmou que não aceitaria porque este tipo de cedência, ou favores, não faz parte da conduta do PSOL."

Câmara aprova redivisão de cargos entre partidos

Atualizada às 17h31

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!