PSDB confirma Alckmin para disputar o governo de SP

Mário Coelho


O PSDB confirmou neste domingo (13) a candidatura de Geraldo Alckmin para o governo do Estado de São Paulo em sua convenção regional. Além dele, que terá como vice Afif Domingos (DEM), foram oficializados os nomes de Aloysio Nunes (PSDB) e Orestes Quércia (PMDB) ao Senado. Em seu discurso, o tucano disse que ele se reecontrou com sua história, já que foi governador de São Paulo por dois mandatos. Vice de Mário Covas, Alckmin assumiu com a morte do então governador e depois acabou reeleito.


"Hoje reencontro minha história, meu destino de servir ao povo de São Paulo, o desafio de continuar um trabalho bonito do PSDB, em quase 16 anos de empenho no avanço de São Paulo. Trabalho que rendeu frutos. Que contribuiu para que nosso estado andasse para frente, conquistasse marcas importantes, melhorasse, cada vez mais, a qualidade de vida do seu povo. Trabalho que construiu uma base firme para irmos adiante, na direção certa, oferecendo o melhor dos nossos esforços por São Paulo e pelo Brasil", discursou Alckmin. 


Em seu discurso, o tucano também reforçou o apoio ao candidato do PSDB à presidência da República, José Serra. “Vamos levar o Serra à Presidência porque ele anda com as próprias pernas. O Brasil exige um presidente com história, prática, experiência, com currículo verdadeiro e com história política comprovada e com densidade administrativa", afirmou Alckmin. "José  Serra será nosso comandante. E vai ser eleito não por ser ajudante, mas por ser titular de suas próprias competências", completou.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!