PSDB coleta assinaturas para a CPI da MP dos Portos

Tucanos começam a coletar assinaturas para investigar suspeitas de favorecimento para votação da medida provisória. PPS e DEM também sinalizam que vão aderir ao pedido

O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), começou na noite desta terça-feira (14) a coleta de assinaturas para a criação de uma CPI para investigar eventuais favorecimentos com a aprovação da Medida Provisória 595/12, a MP dos Portos. A iniciativa conta com, pelo menos, 30 assinaturas de tucanos. DEM e PPS devem aderir à iniciativa . Para criar uma CPI na Câmara são necessárias, pelo menos, 171 assinaturas. A MP cria novo marco legal para o setor portuário do país.

De acordo com Carlos Sampaio, a MP dos Portos está sob suspeita desde que o deputado Anthony Garotinho (RJ), líder do PR, usou expressões como “MP dos Porcos” e “Emenda Tio Patinhas”. Seus discursos causaram revolta entre os parlamentares e a derrubada de duas sessões. Na segunda-feira (13), a oposição apresentou uma representação contra ele na Corregedoria da Câmara.

Garotinho utilizou essas expressões na semana passada em referência a uma emenda aglutinativa apresentada pelo líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Para ele, a emenda “não serve ao país, serve a outros interesses”. Em contrapartida, Cunha anunciou que representaria contra o colega fluminense no Conselho de Ética.

Depois disso, a oposição obstruiu as votações exigindo o esclarecimento das acusações de Garotinho, que disparou contra o PSDB e o DEM em uma das sessões de ontem, interrompida após o protesto isolado de um deputado mineiro cobrando recursos para a área da saúde.

“Arranjem outra desculpa para não votar. Se o DEM e o PSDB desejam tanto essa informação, terão no tempo oportuno. Poderão representar no Conselho de Ética, na Corregedoria”, afirmou o deputado do Rio de Janeiro. Ele disse que elogiou o mérito da medida provisória e que os parlamentares oposicionistas podiam obter essas informações com um “conhecido”: o banqueiro Daniel Dantas, dono de uma empresa que controla o Porto de Santos.

Em seguida, o líder do DEM, Ronaldo Caiado (DEM), chamou Garotinho de “chefe de quadrilha” e ressaltou que, caso fosse presidente da Câmara, mandaria prendê-lo. De acordo com o governo, a MP dos Portos abrirá caminho para que sejam realizados investimentos de mais de R$ 54 bilhões, com a oferta de 159 áreas em portos públicos ao setor privado.

Veja mais sobre a MP dos Portos

"MP dos Porcos"Anthony garotinhoCarlos SampaioCPIDEMinfraestruturaMP dos PortosportosPPSPSDB