PSD confirma apoio à candidatura de Dilma Rousseff

Aliança com partido de Gilberto Kassab não agrada parte de petistas, mas assegura tempo propaganda para a campanha de Dilma

O Partido Social Democrático (PSD)  formalizou, nesta quarta-feira (25), apoio à candidatura da presidenta da República Dilma Rousseff (PT), que vai disputar a reeleição. A decisão foi confirmada por 94,7% dos votos de dirigentes da legenda, em convenção nacional. No ano passado, o partido já tinha declarado que apoiaria a petista.

É a primeira vez que o PSD, criado em 2011 pelo ex-prefeito de São Paulo (SP) Gilberto Kassab, participa de eleição presidencial.

A parceria, que assegura mais tempo (um minuto e 40 segundos) de propaganda no rádio e na TV à campanha de Dilma, enfrenta resistência de parte dos petistas. No último sábado (21), Gilberto Kassab foi vaiado na convenção nacional do PT, quando a candidatura da presidenta foi oficializada.

Em diversos estados, o PSD vai apoiar candidaturas do PMDB ou do PSDB e não do PT. PMDB, PDT e Pros já fecharam aliança com o PT para a corrida presidencial. O PP, PC do B, o PRB e o PR devem integrar a coligação até a próxima segunda-feira (30).

Mais sobre eleições

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo