PSC oficializa candidatura de Pastor Everaldo ao Palácio do Planalto

Última pesquisa do instituto Datafolha indica empate entre o pastor e o pré-candidato do PSB na corrida presidencial. Everaldo diz não se considerar representante exclusivo dos evangélicos

O Partido Social Cristão (PSC) oficializou neste sábado (14) a candidatura de Everaldo Dias Pereira, conhecido como Pastor Everaldo, à presidência da República. Ele é pastor da Assembleia de Deus – do Ministério Madureira, um dos ramos da igreja pentecostal– e casado com a cantora gospel Ester Batista.

Na convenção, o partido ainda não definiu quem vai ser o candidato a vice-presidente na chapa com Everaldo. Pelo calendário eleitoral, a decisão deve ser tomada até o próximo dia 30.

“O governo atual é ausente, omisso e incompetente. Nenhum brasileiro aguenta mais. O Brasil de hoje está doente e precisa de uma ajuda imediata. Brasil feliz é quando ganhar Copa da educação, da saúde e da segurança pública”, disse o Pastor Everaldo, durante a convenção, em São Paulo (SP).

Em entrevista coletiva após a convenção, ele evitou abordar temas polêmicos, mas, em referência ao aborto, disse que é favor da vida desde a sua concepção, e que defende o casamento "como está na Constituição". Afirmou ainda que não considera ser representante exclusivo dos eleitores evangélicos.

O pastor conseguiu se descolar um pouco do bloco dos nanicos após o presidenciável do PSB, o ex-governador Eduardo Campos (PSB), sofrer uma queda na pesquisa mais recente do instituto Datafolha. Com 7% das intenções de voto, Campos apareceu empatado  tecnicamente com o pastor, que tem 4%.

 

Mais sobre eleições 2014

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo