Prisão de Lula impulsiona novas filiações ao PT

 

O número de filiações ao PT cresceu desde a prisão do ex-presidente Lula, há duas semanas. Em 15 dias, 3.230 pessoas se filiaram ao partido, quase 30% do total de 11 mil inscritos desde o início de janeiro. As informações são da Folha de S.Paulo. De acordo com a coluna Painel, aproveitando essas adesões espontâneas, a legenda decidiu lançar uma campanha – “Sou Lula, sou PT” – para aumentar sua lista de correligionários. O partido tem hoje 2,1 milhões de filiados em todo o país.

Desses, 44% são mulheres, percentual que soube para 51% nos municípios com mais de 500 mil habitantes. A ex-presidente Dilma participará do lançamento da campanha, em Curitiba, cidade onde Lula cumpre pena de 12 anos de prisão.

<< Preso, Lula perde apoio, mas ainda lidera. Sem ele, Marina empata com Bolsonaro, aponta Datafolha

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!