Presidente do TSE diz que não haverá terceiro turno das eleições

"Que os especuladores se calem. Não há espaço para terceiro turno para cassar o voto de 54.511.118 eleitores", disse Dias Toffoli, durante diplomação de Dilma

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Dias Toffoli, disse na quinta-feira (18) que "não haverá terceiro turno" das eleições presidenciais.  A declaração foi feita durante discurso na cerimônia de diplomação da presidenta Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer, no plenário do tribunal.

Segundo o presidente, as eleições de 2014 são página virada para a Justiça Eleitoral. "Não haverá terceiro turno na Justiça Eleitoral. Que os especuladores se calem. Não há espaço para terceiro turno para cassar o voto de 54.511.118 eleitores", disse.

Antes da cerimônia de diplomação, o PSDB entrou com ação no TSE para cassar o mandato da presidenta. O partido alega que Dilma cometeu irregularidades como uso da máquina administrativa e abuso econômico, e não poderia assumir o mandato.

PSDB quer cassação de Dilma e diz que propina financiou sua campanha

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!