Presidenciáveis armam estratégias para o primeiro debate na TV

No primeiro debate entre os candidatos ao Planalto, Dilma pretende evitar confronto com Marina, que tenta se apresentar como alternativa à polarização entre PT e PSDB. Aécio quer se mostrar como o mais preparado

Os três principais candidatos à Presidência reservaram parte da segunda-feira (25) para preparar suas estratégias de atuação no primeiro debate entre os presidenciáveis, que será realizado às 22h desta terça-feira (26) nos estúdios da Rede Bandeirantes, em São Paulo.

A equipe de Dilma defende que a candidata se apresente como gestora e evite ataques diretos aos seus concorrentes, sobretudo, a ex-ministra Marina Silva, alçada à condição de candidata do PSB após a morte de Eduardo Campos no último dia 13. Marina aparece na segunda colocação na última pesquisa Datafolha, em empate técnico com o tucano Aécio Neves (PSDB) no primeiro turno e ligeiramente à frente de Dilma – embora empatadas tecnicamente - na simulação do segundo turno. Novo levantamento do Ibope deve ser divulgado esta noite pela TV Globo.

Segundo os jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, a petista só atacará Marina se for agredida primeiro. Candidata à reeleição, a presidenta passou parte do dia de ontem reunida com assessores no Palácio da Alvorada. Por ordem de sorteio, ela deve ser a primeira falar no debate.

Já Marina deve se apresentar como “herdeira” do legado de Eduardo Campos e alternativa concreta à polarização entre PT e PSDB. A nova candidata do PSB pretende utilizar os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso para rebater as críticas direcionadas a ela por seus adversários de que não tem experiência administrativa suficiente para governar o país.

Agora na condição de candidato menos conhecido entre os três principais concorrentes ao Planalto, após a morte de Eduardo, Aécio deve centrar fogo no governo Dilma. O tucano quer reforçar em seu discurso que tem mais preparo do que suas duas maiores oponentes para exercer a Presidência.

Também participarão do debate os candidatos Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (Psol), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB). A apresentação será do âncora do Jornal da Band, Ricardo Boechat. O programa será dividido em seis blocos.

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!