Prêmio: destaque para fluminenses e gaúchos

Chico Alencar e Jean Wyllys puxaram os votos dados pelos jornalistas aos deputados do Rio de Janeiro. No Senado, todos os três representantes do Rio Grande do Sul estão entre os finalistas

Os deputados do Rio de Janeiro foram os que receberam mais votos dos jornalistas na primeira etapa do Prêmio Congresso em Foco 2011. No Senado, as maiores votações foram dadas aos gaúchos.

A Câmara tem 513 deputados. O Senado, 81 senadores. Mas boa parte deles não foi lembrada uma vez sequer pelos 267 jornalistas de 55 diferentes veículos que votaram na primeira etapa do Prêmio Congresso em Foco 2011. São os jornalistas que cobrem o Congresso Nacional que escolhem livremente aqueles que compõem a lista de finalistas para o prêmio. Este ano, foram lembrados nessa primeira etapa 182 deputados federais (os 26 mais votados são os finalistas) e 61 senadores (os finalistas são os 11 mais votados).

Concluída a escolha dos jornalistas, começa a segunda etapa do prêmio, quando a lista dos deputados e senadores finalistas na categoria geral e nas categorias especiais começa a ser submetida aos leitores do Congresso em Foco. Nesta segunda etapa, que se iniciou na última segunda-feira (22), todos podem votar.

CLIQUE AQUI PARA VOTAR NO PRÊMIO CONGRESSO EM FOCO 2011

Clique aqui para conhecer todos os deputados e senadores que receberam votos dos jornalistas na primeira etapa do Prêmio Congresso em Foco 2011

A votação entre os jornalistas destacou as bancadas do Rio de Janeiro na Câmara e do Rio Grande do Sul no Senado. Foram os deputados do Rio que somaram mais votos entre os jornalistas, especialmente pelos desempenhos de Chico Alencar (Psol-RJ) e Jean Wyllys (Psol-RJ). Como já acontecera no ano passado, Chico Alencar venceu a votação entre os jornalistas, com 120 votos. Jean foi o terceiro colocado, com 74 votos. Entre os dois, ficou Reguffe, do PDT do Distrito Federal, com 118 votos. De acordo com a última parcial da votação na internet, Jean Willys lidera na preferência dos leitores.

Os deputados do Rio receberam 321 votos, 26% do total. Em segundo lugar, ficou São Paulo, com 295 votos, 24%. O Distrito Federal, de Reguffe, ficou em terceiro, com 152 votos, 12% do total. O Rio Grande do Sul teve na votação dos deputados, 11%, ou 11%.

Se consideradas as citações, o estado que teve maior número de deputados citados (que receberam pelo menos um voto) foi São Paulo. Foram 28 deputados citados, 15% do total. O Rio de Janeiro ficou em segundo, com 20 deputados citados, 11%. Minas Gerais teve 19 citações, 10%.

Senadores

No Senado, os três senadores da bancada do Rio Grande do Sul (Pedro Simon, do PMDB; Paulo Paim, do PT, e Ana Amélia, do PP) ficaram entre os finalistas. Isso fez com que os gaúchos somassem o maior número de votos na escolha dos jornalistas. Eles receberam 212 votos, ou 23% do total. Em segundo lugar, ficou o Distrito Federal, do senador Cristovam Buarque (PDT), o mais votado entre os jornalistas. Os senadores do DF receberam 152 votos, 16% do total. Em terceiro lugar, com 9% (82 votos), ficou São Paulo.

Em termos de citações, a disputa ficou mais parelha. Além do Rio Grande do Sul, todos os três senadores do Amazonas, do Ceará, do Distrito Federal, do Pará, de Pernambuco, do Paraná, do Rio de Janeiro, de Roraima e de São Paulo receberam pelo menos um voto. Foram lembrados pelo menos uma vez dois senadores do Acre, de Alagoas, do Amapá, da Bahia, do Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Santa Catarina. Da Paraíba, Sergipe e Tocantins, só foram lembrados um senador de cada estado.

Leia também:

PT foi o partido mais votado na Câmara e no Senado

Tudo sobre o Prêmio Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!