Prêmio Congresso em Foco agita o meio artístico

Rachel Sheherazade, Gregório Duvivier, Leoni, Tico Santa Cruz, Sérgio Ricardo e Leci Brandão entram em campanha e pedem votos para os parlamentares de sua preferência no prêmio. Saiba em quem eles votam

Luma Poletti

Figuras públicas conhecidas por sua militância política, à esquerda ou à direita, têm estimulado os eleitores a participarem da escolha dos melhores parlamentares do ano. Personalidades da música, atores e jornalistas declaram seu voto e fazem campanha nas redes sociais para os congressistas de sua preferência no Prêmio Congresso em Foco 2015. A votação na internet se encerra neste domingo (20) e o resultado será conhecido em 8 de outubro, na cerimônia de premiação. Clique aqui para votar

Conhecida por assumir posições consideradas polêmicas, a jornalista Rachel Sheherazade, apresentadora do SBT, foi direta ao assunto, sem fazer qualquer comentário, ao postar em sua conta no Facebook um link para a página de votação do prêmio com a foto do deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), que liderava a última parcial da votação, divulgada no último dia 10.

Autor de grandes sucessos do pop-rock brasileiro, o cantor e compositor Leoni gravou um vídeo declarando seu voto na deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). "Acabei de votar na Jandira Feghali como melhor parlamentar, melhor deputada, no Prêmio Congresso em Foco. Eu apoio a Jandira porque ela apoia todas as manifestações culturais, é a congressista mais atuante em favor da cultura", disse o artista. Um dos criadores das bandas Kid Abelha e Heróis da Resistência, o músico é compôs sucessos como "Só pro meu prazer", "Dublê de corpo", “Fixação”, “Garotos” e “Exagerado”, esta eternizada na voz de Cazuza.

Jandira também divulgou em sua página no Facebook o voto declarado do compositor e cineasta Sérgio Ricardo. "Votei mais uma vez em Jandira Feghali para o Prêmio Congresso em Foco porque aqueles que seguem os avanços da cultura no Congresso Nacional sabem que Jandira Feghali está na vanguarda de todos os demais. Meu voto está aberto, e convido a todos a votarem também em Jandira Feghali".

Sérgio Ricardo protagonizou um dos momentos mais lembrados do III Festival de Música Popular Brasileira, transmitido pela TV Record, em 1967. Ao ser vaiado impiedosamente pelo público ao cantar sua composição “Beto bom de bola”, o artista se irritou, quebrou o violão e o arremessou contra a platéia.

Com mais de 20 discos gravados na carreira, a sambista carioca e deputada estadual de São Paulo Leci Brandão (PCdoB) pediu votos para o seu companheiro de partido, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP). "Eu já votei. Vote você também e fortaleça o mandato do nosso aguerrido Orlando Silva", escreveu a deputada em sua página no Facebook, ao publicar um link remetendo para a página de votação do prêmio.

O ator e roteirista Gregório Duvivier, um dos criadores da série Porta dos Fundos, provocou a reação dos eleitores de Eduardo Bolsonaro ao criticar os simpatizantes do deputado paulista e sugerir que os internautas votassem em três parlamentares do Psol: Jean Wyllys (RJ), Ivan Valente (SP) e Chico Alencar (RJ). "Urgente. Vote aqui no parlamentar do ano. Tá perigoso. Bolsonaro disparou na frente graças a militância neo-nazi. Não podemos deixar isso acontecer".  Como mostrou o Congresso em Foco, eleitores de Bolsonaro ameaçaram processar o artista por causa de seu comentário.

O cantor Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas Roque Clube, também publicou em sua página no Facebook um chamado para "todos os progressistas" votarem em Jean Wyllys e Chico Alencar: "O Prêmio Congresso em Foco sempre foi coerente e respeitado por ter como eleitores de melhor congressista pessoas que cobrem o dia a dia na Câmara Federal. Porém, este ano mudaram as regras e estão colocando em votação via internet, o que faz com que o valor do bom congressista fique a mercê de grupos organizados que passam o dia votando em deputados como os Bolsonaros da vida. Para fazer o contraponto dessa corrida, então vamos votar naqueles que representam de fato nossas idéias", escreveu o cantor.

Prêmio Congresso em Foco

A votação do prêmio começou no dia 20 de agosto e vai até este domingo. A exemplo dos últimos anos, só podem ser votados os parlamentares que não respondem a ações penais ou inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). Os vencedores serão anunciados na cerimônia de premiação, no dia 8 de outubro. Serão premiados os dez senadores e os 20 deputados mais votados, nas categorias gerais (“Melhores senadores do ano” e “Melhores deputados do ano”) e os cinco parlamentares mais votados em cada uma das cinco categorias especiais: ”Parlamentares de Futuro”, “Defesa da Agropecuária”, “Cidadania e Justiça Social”, “Combate à Corrupção e ao Crime Organizado” e “Profissionalização da Gestão Pública”. Além disso, serão homenageados os parlamentares mais votados nas categorias de deputados e senadores mais bem avaliados pelos jornalistas.

O Prêmio Congresso em Foco 2015 é patrocinado pela Ambev e pela Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb). Conta com o apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), o Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz) e com as quatro entidades que integram o Ciclo de Gestão do Poder Executivo Federal: a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), a Associação dos Analistas de Comércio Exterior (AACE), a Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor), a Associação dos Servidores do Ipea (Afipea) e  Associação Nacional dos Procuradores do Estado (Anape). O projeto tem ainda a parceria institucional do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) e do site Vote na Web.

Mais sobre o Prêmio Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!