Picciani convida Gustavo Perrella para Secretaria Nacional de Futebol

Filho de Zezé Perrella, senador e ex-dirigente do Cruzeiro, Gustavo virá a Brasília na segunda-feira para acertar os últimos detalhes sobre sua nova função

O ex-deputado estadual de Minas Gerais Gustavo Perrella, 33, filho do senador Zezé Perrella (PTB-MG), será o novo secretário nacional de Futebol e de Defesa dos Direitos do Torcedor. O convite foi feito pelo ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que anteriormente havia afirmado que não convocaria integrantes da chamada "bancada da bola" (parlamentares ligados à Confederação Brasileira de Futebol) para compor a Autoridade Pública de Governança do Futebol (APfut).

Membro da bancada da bola, Zezé Perrella é ex-dirigente do Cruzeiro. A nomeação ainda não foi publicada no Diário Oficial da União, o que deve acontecer na próxima semana. Na segunda-feira (23) Gustavo virá a Brasília para acertar os últimos detalhes sobre sua nova função, que vinha sendo ocupada interinamente por Ricardo Gomyde, que por sua vez substituiu Rogério Hamam.

Pai e filho ganharam destaque nacionalmente em novembro de 2013, quando uma operação da Polícia Federal apreendeu meia tonelada de cocaína no helicóptero de Gustavo Perrella em uma fazenda no município de Afonso Cláudio, interior do Espírito Santo. Para a PF e o Ministério Público Federal, não há indícios de que o então deputado estadual soubesse que a droga estava sendo transportada no helicóptero de sua empresa.

Em discurso feito em dezembro do mesmo ano, na tribuna do Senado, o senador Zezé Perrella disse que sua família foi “traída” pelo piloto e que seu filho jamais teve qualquer envolvimento com drogas.

Mais sobre esporte

Mais sobre gestão pública

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!