Pesquisas apontam liderança de Doria em São Paulo e indefinição de adversário de Crivella no Rio

Datafolha e Ibope projetam segundo turno entre Doria e Russomanno na capital paulista. No Rio, Crivella tem liderança folgada e assiste à disputa entre seis candidatos para enfrentá-lo numa segunda rodada de votação, no dia 30 de outubro

 

 

A seis dias do primeiro turno da eleição municipal, pesquisas feitas pelo Instituto Datafolha e pelo Ibope mostram o tucano João Doria na primeira colocação na disputa pela prefeitura de São Paulo e o senador licenciado Marcelo Crivella (PRB-RJ) na liderança no Rio. Na capital fluminense, é grande a indefinição pela última vaga para uma provável disputa em segundo turno, com empate técnico entre até seis candidatos. Já na maior cidade do país, Celso Russomanno (PRB) desponta como favorito para ser o adversário de Doria no dia 30 de outubro.

Em sua primeira eleição, o tucano cresceu cinco pontos percentuais em relação à pesquisa anterior e surge pela primeira vez na liderança isolada, segundo o Datafolha. Russomanno, ainda de acordo com o instituto, manteve o percentual de intenção de votos do último levantamento. Já Marta perdeu cinco pontos e está empatada tecnicamente com o prefeito Fernando Haddad (PT). Ela aparece com 15% e ele com 11%. Luiza Erundina (Psol) manteve-se com 5%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Mas a disputa ainda está indefinida, conforme alerta o próprio Datafolha: um terço dos eleitores admite mudar de candidato até a votação de domingo. Já pelo Ibope, Doria e Russomanno estão empatados tecnicamente, com vantagem numérica para o tucano: 28% a 24%. Marta tem os mesmos 15% do Datafolha, e Haddad, 12%. Erundina, 4%.

Veja os números da corrida eleitoral em São Paulo:

SÃO PAULO

Datafolha

João Doria (PSDB) – 30%

Celso Russomanno (PRB) – 22%

Marta Suplicy (PMDB) – 15%

Fernando Haddad (PT) – 11%

Luiza Erundina (Psol) – 5%

Major Olímpio (SD) e Levy Fidelix (PRTB) – 1%

Ricardo Young (Rede), João Bico (PSDC), Henrique Áreas (PCO) e Altino (PSTU) – menos de 1%.

Votos brancos e nulos – 12%

Não opinaram – 4%

Margem de erro – 3 pontos percentuais

Entrevistados – 1.510 eleitores entre os dias 23 e 25 de setembro

Ibope

João Doria (PSDB) – 28%

Celso Russomanno (PRB) – 24%

Marta Suplicy (PMDB) – 15%

Fernando Haddad (PT) – 12%

Luiza Erundina (Psol) – 4%

Demais candidatos não chegaram a 1%

Votos brancos e nulos – 10%

Não opinaram – 4%

Pesquisa contratada pela Globo Comunicação e Participações S/A e O Estado de S.Paulo e registrada no TRE-SP sob o protocolo 04281/2016.

Empate sêxtuplo

Na capital fluminense, é acirrada a concorrência por uma vaga na segundada rodada de votação. Tanto o Ibope quanto o Datafolha indicam grande vantagem para Marcelo Crivella (PRB) (35% e 29%, respectivamente). Quem enfrentará Crivella em um provável segundo turno? Seis candidatos estão empatados tecnicamente – ou seja, a diferença entre eles está dentro da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais: Pedro Paulo (PMDB), Marcelo Freixo (Psol), Flávio Bolsonaro (PSC), Jandira Feghali (PCdoB), Índio da Costa (PSD) e Osório (PSDB).

Veja os números da corrida eleitoral no Rio:

 

RIO DE JANEIRO

Datafolha

Marcelo Crivella (PRB) – 29%

Pedro Paulo (PMDB) – 11%

Marcelo Freixo (Psol) – 10%

Flávio Bolsonaro (PSC) e Jandira Feghali (PCdoB) – 7%

Osório (PSDB) – 6%

Índio da Costa (PSD) – 5%

Alessandro Molon (Rede), Carmen Migueles (Novo), Cyro Garcia (PSTU) e Thelma Bastos (PCO) – 1%

Votos brancos e nulos – 15%

Não opinaram – 7%

Ibope

Marcelo Crivella (PRB) – 35%

Pedro Paulo (PMDB) – 11%

Marcelo Freixo (Psol) – 9%

Índio da Costa (PSD) – 8%

Flávio Bolsonaro (PSC) e Jandira Feghali (PCdoB) – 6%

Osorio (PSDB) – 4%

Alessandro Molon (Rede) e Carmen Migueles (Novo) – 1%

Cyro Garcia (PSTU) e Thelma Bastos (PCO) - 1%

Margem de erro – 3 pontos percentuais

Entrevistados – 1.204 eleitores entre 23 e 25 de setembro

Mais sobre eleições

Mais sobre pesquisas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!