Pernambuco tem a maior reviravolta para governador, aponta Datafolha

Com 55% dos votos válidos, candidato de Eduardo Campos caminha para eleição já no primeiro turno. Antes da morte do ex-governador ele tinha apenas 13% das intenções contra 47% de Armando Monteiro

O ex-secretário estadual da Fazenda de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) protagoniza a mais impressionante virada na disputa aos governos estaduais, segundo pesquisa Datafolha divulgada esta noite. Em meados de agosto, Câmara aparecia com 13% das intenções de voto, bem atrás do primeiro colocado, o senador Armando Monteiro Neto (PTB), que tinha 47%.

Um mês e meio após a morte de seu padrinho político, o ex-governador Eduardo Campos (PSB), avalista de sua candidatura, Câmara lidera com 46% das intenções de voto e caminha para a eleição já no primeiro turno. De acordo com o Datafolha, Armando Monteiro tem 36% e Zé Gomes (Psol), 1%. Considerando-se a estimativa apenas dos votos válidos, o candidato do PSB tem 55% da preferência do eleitorado – mais do que o mínimo de 50% exigido para a definição em primeiro turno.

A evolução de Paulo Câmara coincide com a morte de Eduardo Campos.  Na pesquisa divulgada em 4 de setembro, três semanas após o acidente que matou o presidenciável do PSB, o ex-secretário já aparecia empatado com Armando Monteiro – ambos, com 36%. Já no dia 10 de setembro, Câmara liderava com 39%, ante os 33% do petebista.

Veja os novos números do Datafolha:
Paulo Câmara (PSB) – 46%
Armando Monteiro Neto (PTB) – 36%
Zé Gomes (Psol) – 1%
Demais candidatos – 0%
Brancos e nulos – 8%
Indecisos – 9%
Margem de erro – 3 pontos percentuais, para mais ou para menos
Pesquisa realizada entre 1º e 2 de outubro
Entrevistados –1.264 eleitores em 45 municípios
Pesquisa PE-00036/2014

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!