“Perdi um amigo”, diz governador de Pernambuco

João Lyra Neto lembrou a infeliz coincidência de Eduardo Campos ter morrido no mesmo dia que seu avô, o também ex-governador Miguel Arraes

Em pronunciamento no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, o governador João Lyra Neto (PSB) lamentou a morte de seu antecessor, Eduardo Campos (PSB), ocorrida na manhã desta quarta-feira (13) em razão de um acidente aéreo. "Perdi um amigo. A minha palavra é de muita tristeza, mas ao mesmo tempo, de muita esperança. Mas que a vida dele sirva de exemplo", destacou o governador.

Lyra Neto lembrou a infeliz coincidência de Eduardo Campos ter falecido no mesmo dia que seu avô, o também ex-governador e ex-deputado Miguel Arraes. "Com certeza essa sinergia (entre eles) fez com que tivesse a trajetória de vitória e luta principalmente pelos mais necessitados. Vou concluir seu mandato e vou chegar lá com a consciência tranquila de que cumprimos a nossa missão", concluiu emocionado.

Em frente à casa onde o candidato morava, seu irmão, Antônio Campos, destacou a vida de parceria que os dois tiveram. "Perdi um irmão amado. Falei com ele as 7h59. Ele morreu no dia que meu avô morreu e, como ele, e lutando pelo que acreditava. Que o Brasil faça uma reflexão sobre o destino deste país", destacou o irmão. Ainda de acordo com Antônio Campos, o corpo está sendo esperado para esta quinta-feira no Recife e será enterrado no mesmo túmulo de Miguel Arraes.
Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!