Paulistanos preferem Aécio a Alckmin para a presidência, diz pesquisa

Segundo o Instituto Paraná Pesquisas, Alckmin detém 28% da preferência de votos, 12 pontos a menos que seu companheiro de partido Aécio Neves

Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, a população da cidade de São Paulo escolheria o senador Aécio Neves (PSDB-MG) como o novo Presidente da República. Dos 1054 paulistanos entrevistados pelo instituto, 40% votariam no mineiro; outros 25% escolheriam Marina Silva e  apenas 17% tem como preferência do ex-presidente Lula.

Quando o nome de Aécio é substituído pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), na simulação eleitoral, Marina Silva assume a liderança nas intenções de voto. Em uma eventual disputa entre ela, Alckimin, Lula, o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), a idealizadora da Rede Sustentabilidade tem a preferência de 32% dos eleitores ouvidos.

Segundo o instituto, Alckmin detém 28% da preferência de votos, 12 pontos a menos que seu colega de partido Aécio. Dilma não foi citada nas simulações. Neste segundo cenário, o ex-presidente Lula ainda ficaria na terceira posição em ambas as situações. Tanto ele, quanto a idealizadora da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, ganham força na suposta disputa no momento em que o governador de São Paulo concorre ao pleito.

Alckmin exerce o quarto mandato como governador do estado. A opinião dos paulistanos sobre a gestão do tucano está dividida. De acordo com a pesquisa, 47,9% dos eleitores aprovam a administração do governador e 47,8% a rejeitam. O mesmo percentual de pesquisados, 47%, admite que a gestão de Alckmin está dentro das expectativas criadas em outubro do ano passado, época das eleições gerais.

Um quarto dos eleitores paulistas afirma não votar em Alckimin novamente. Apesar disso, quase 70% dos que votaram no tucano não escolheriam um outro candidato. O estudo realizado entre os dias 15 e 18 deste mês mostra que Alckmin não conquistou outros setores da sociedade neste início de mandato. Entre os que no último pleito não votaram nele, 81% manteriam a decisão.

Os jovens de 16 a 24 anos são os que mais desaprovam a administração do governador do PSDB, assim como a parcela de eleitores com o nível superior completo. Ao analisar a renda dos entrevistados, o estudo revela que a classe C é a que mais rejeita a atuação de Alckmin. O grau de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro de 3% para os resultados gerais.

Quase 90% dos paulistanos rejeitam governo Dilma, diz pesquisa

Gestão Haddad é rejeitada por quase 70% dos paulistanos, aponta pesquisa

Confira a íntegra da amostra:

Se as eleições para Presidente do Brasil fossem hoje e os candidatos fossem esses, em quem o Sr(a) votaria? (ESTIMULADA)

Não sabe: 5,4%

Nenhum: 6,4%

Aécio Neves: 40,2%

Marina Silva: 25,6%

Lula: 17,7%

Eduardo Cunha: 3,7%

Caiado: 1,0%

Se as eleições para Presidente do Brasil fossem hoje e os candidatos AGORA fossem esses, em quem o Sr(a) votaria? (ESTIMULADA)

Não sabe: 6,0%

Nenhum: 7,5%

Marina Silva: 32,0%

Geraldo Alckmin: 28,2%

Lula: 19,2%

Eduardo Cunha: 5,1%

Caiado: 2,0%

De uma maneira geral, o Sr(a) diria que aprova ou desaprova a administração do Governador do São Paulo Geraldo Alckmin até o momento?

Aprova: 47,9%

Desaprova: 47,8%

Não sabe/ não opinou: 4,4%

O Governador Geraldo Alckmin está indo melhor, pior ou igual que o Sr(a) esperava?

Melhor: 14,7%

Pior: 36,8%

Igual: 47,0%

Não sabe: 1,6%

Entre os que na última eleição para Governador votaram no Geraldo Alckmin: Caso as eleições para Governador do Estado do São Paulo fossem hoje, o Sr(a) votaria no Governador eleito Geraldo Alckmin?

Não: 25,4%

Sim: 68,8%

Não sabe: 5,8%

Entre os que na última eleição para Governador NÃO votaram no Geraldo Alckmin: Caso as eleições para Governador do Estado do São Paulo fossem hoje, o Sr(a) votaria no Governador eleito Geraldo Alckmin?

Não: 81,0%

Sim: 14,0%

Não sabe: 5,0%

De uma maneira geral, o Sr(a) diria que aprova ou desaprova a administração do Governador do São Paulo Geraldo Alckmin até o momento?  (por sexo)

Masculino

Aprova: 49,4%

Desaprova: 47,2%

Não sabe/ não opinou: 3,4%

Feminino

Aprova: 46,5%

Desaprova: 48,2%

Não sabe/ não opinou: 5,2%

De uma maneira geral, o Sr(a) diria que aprova ou desaprova a administração do Governador do São Paulo Geraldo Alckmin até o momento?  (por idade)

16 a 24 anos

Aprova: 35,3%

Desaprova: 59,7%

Não sabe/ não opinou: 4,9%

25 a 34 anos

Aprova: 45,9%

Desaprova: 50,7%

Não sabe/ não opinou: 3,4%

35 a 44 anos

Aprova: 46,6%

Desaprova: 48,1%

Não sabe/ não opinou: 5,3%

45 a 59 anos

Aprova: 52,6%

Desaprova: 43,9%

Não sabe/ não opinou: 3,5%

60 anos ou mais

Aprova: 54,0%

Desaprova: 40,7%

Não sabe/ não opinou: 5,3%

De uma maneira geral, o Sr(a) diria que aprova ou desaprova a administração do Governador do São Paulo Geraldo Alckmin até o momento?  (por nível de escolaridade)

Ensino Fundamental

Aprova: 52,8%

Desaprova: 41,8%

Não sabe/ não opinou: 4,3%

Ensino Médio

Aprova: 47,0%

Desaprova: 48,8%

Não sabe/ não opinou: 4,3%

Ensino Superior

Aprova: 43,3%

Desaprova: 53,5%

Não sabe/ não opinou: 3,3%

De uma maneira geral, o Sr(a) diria que aprova ou desaprova a administração do Governador do São Paulo Geraldo Alckmin até o momento?  (por classe social)

Classes A e B

Aprova: 49,8%

Desaprova: 47,2%

Não sabe/ não opinou: 3,0%

Classe C

Aprova: 46,3%

Desaprova: 48,5%

Não sabe/ não opinou: 5,3%

Classes D e E

Aprova: 52,0%

Desaprova: 48,0%

Não sabe/ não opinou: 0,0%

Não declarou

Aprova: 48,5%

Desaprova: 43,7%

Não sabe/ não opinou: 7,8%


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!