Para Aécio, entrada de Marina no PSB é resposta ao PT

Senador e presidente nacional do PSDB é pré-candidato do partido ao Palácio do Planalto em 2014. Para ele, filiação da ex-senadora é uma "importante conquista do Brasil democrático"

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), afirmou neste sábado (5), em nota oficial, que a entrada da ex-senadora Marina Silva no PSB é uma "importante conquista do Brasil democrático". Para ele, a filiação dela no último dia permitido pela legislação para disputar as eleições de 2014 é uma resposta "às ações autoritárias do PT", que, segundo o tucano, chegaram a comemorar a rejeição do registro da Rede Sustentabilidade pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por não ter atingido número suficiente de assinaturas. Aécio está em Nova York, onde participa de uma palestra na segunda-feira (7).

Leia a íntegra da nota:

"O PSDB considera que a decisão da ex-senadora Marina Silva de se manter em condições de participar das eleições de 2014, filiando-se ao PSB, é importante conquista do Brasil democrático.

É também uma reposta às ações autoritárias do PT, especialmente aos membros do partido que chegaram a comemorar antecipadamente a exclusão da ex-senadora do quadro eleitoral do próximo ano, com a impossibilidade de criação da Rede.

O PSDB acredita  que a presença de Marina Silva fortalece o campo político das oposições e contribui para o debate de ideias e propostas, tão necessários para colocar fim a esse ciclo de governo do PT que tanto mal vem fazendo ao País.

Senador Aécio Neves (MG)
Presidente nacional do PSDB"

Marina se filiar ao PSB é um “grande equívoco”, diz Freire

Outros textos sobre as eleições de 2014

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!