Palmeiras é o time preferido dos ministros; veja a lista

Palmeiras é o time mais citado entre os ministros, com sete torcedores na Esplanada dos Ministérios. Em seguida estão Flamengo e São Paulo, com quatro menções cada um

Nestes dias de Páscoa, quando a Humanidade e cidadãos dão (ou deveriam dar) uma trégua nas divergências, o Congresso em Foco abre espaço para amenidades e replica o material do blog Pombo sem Asa, editado pelo jornalista Bernardo Pombo e veiculado no Globoesporte.com, a respeito dos times de suas excelências os ministros de Estado. À frente de orçamentos pomposos, os 39 auxiliares da presidenta Dilma Rousseff também compõem grandes torcidas, principalmente as de Palmeiras, Flamengo e São Paulo. Mas há um novato na Esplanada dos Ministérios, Edinho Silva (Secretaria de Comunicação da Presidência), que engrossa as fileiras da torcida de um time, digamos, de menos investimento em relação aos chamados “gigantes”: Ferroviária de Araraquara.

Como este site mostrou em 27 de março, Edinho foi escolhido para substituir Thomas Traumann, torcedor do glorioso tricolor das Laranjeiras, o Fluminense Football Club. Na outra troca recente da equipe ministerial, em 18 de março, times “pequenos” também ganham destaque: o torcedor do Guarany de Sobral (CE) Cid Gomes, que em 18 de março saiu do time de Dilma cuspindo fogo contra as centenas de “achacadores” do Congresso, deu lugar ao intelectual Renato Janine Ribeiro na pasta da Educação.

Confira abaixo, em ordem alfabética, os times dos atuais ministros – que, caso vingue a intenção do PMDB, passarão a ser 20 antes do fim do segundo mandato de Dilma:

Aldo Rebelo (Ciência, Teconologia e Inovação) – Palmeiras

Alenxandre Tombini (Banco Central) – Internacional

Aloizio Mercadante (Casa Civil) – Santos

Antonio Carlos Rodrigues (Transportes) – Palmeiras

Armando Monteiro (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) – Sport

Arthur Chioro (Saúde) – Santos

Carlos Eduardo Gabas (Previdência Social) – Palmeiras

Eduardo Braga (Minas e Energia) – Fluminense

Edinho Silva (Secretaria de Comunicação) – Ferroviária de Araraquara

Eleonora Menicucci (Secretaria de Política para Mulheres) – Corinthians

Eliseu Padilha (Secretaria de Aviação Civil) – Internacional

Edson Coelho Araújo (Secretaria de Portos) – São Paulo

George Hilton (Esporte) – Cruzeiro

Gilberto Kassab (Cidades) – São Paulo

Gilberto Occhi (Integração Nacional) – Flamengo

Guilherme Afif Domingos (Secretaria da Micro e Pequena Empresas) – São Paulo

Helder Barbalho (Pesca) – Flamengo

Ideli Salvatti (Secretaria de Direiros Humanos) – Corinthians

Izabella Teixeira (Meio Ambiente) – Flamengo

Jaques Wagner (Defesa) – Bahia

Joaquim Levy (Fazenda) – Botafogo

José Eduardo Cardozo (Justiça) – São Paulo

José Elito Carvalho Siqueira (Gabinete de Segurança Institucional) – Botafogo

Juca Ferreira (Cultura) – Vitória

Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) – Palmeiras

Luís Inácio Adams (Advocacia-Geral da União) – Grêmio

Manoel Dias (Trabalho e Emprego) – Criciúma

Miguel Rossetto (Secretaria-Geral da Presidência) – Internacional

Nelson Barbosa (Planejamento, Orçamento e Gestão) – Vasco

Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário) – Atlético Mineiro

Pepe Vargas (Secretaria de Relações Institucionais) – Juventude

Ricardo Berzoini (Comunicações) – Palmeiras

Roberto Mangabeira Unger (Secretaria de Assuntos Estratégicos) – Flamengo

Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome) – Palmeiras e Juventude

Valdir Moysés Simão (Controladoria-Geral da União) – Palmeiras

Vinicius Lages (Turismo) – Fluminense

Três ministros declararam não torcer para qualquer time: Mauro Vieira (Relacões Exteriores), Nilma Lino Gomes (Secretaria da Igualdade Racial) e Renato Janine Ribeiro (Educação).

Veja como ficou o ranking dos times, na preferência dos ministros:

1 – Palmeiras – 7 ministros

2 – Flamengo e São Paulo – 4

4 – Inter – 3

5 – Botafogo, Corinthians, Fluminense, Santos e Juventude – 2

10 – Atlético-MG, Bahia, Criciúma, Cruzeiro, Grêmio, Ferroviária-SP, Remo, Sport, Vasco e Vitória – 1

No blog Pombo sem Asa, você pode ler o time de diversas outras autoridades, como governadores, prefeitos e ministros do Supremo Tribunal Federal. Confira clicando aqui

Mais sobre futebol

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!