Os concursos mais cobiçados do ano

Veja os cargos, com as respectivas remunerações, das seleções mais aguardadas em 2013

Clique aqui para assinar a Revista Congresso em Foco

Danielle Cambraia, Marcela Thaís Panke e Letícia Nobre

Especial para a Revista Congresso em Foco

 

Advocacia-Geral da União

Os advogados da União representam o Poder Executivo na Justiça, sobretudo nas ações que venham a gerar danos ao erário. O cargo exige graduação em Direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e dois anos de prática jurídica. Com a sanção da Lei 12.671/12, que criou 560 cargos de advogado da União, será necessária a realização de novo concurso. O último, ainda não concluído pelo Cespe, atraiu 27 mil inscritos e prevê a contratação de 68 profissionais.

Inicial: R$ 14.970

Final: R$ 19.451

Ministério do Trabalho

Os auditores fiscais do trabalho têm carreira própria e estão vinculados ao Ministério do Trabalho e Emprego. O cargo exige curso superior completo em qualquer área. O Ministério do Planejamento autorizou a realizado de concurso para 100 vagas. Para atender toda a demanda, é necessária a contratação de 600 novos auditores- -fiscais. O último concurso, organizado pela Esaf, ocorreu em 2009 e ofereceu 234 vagas imediatas.

Inicial: R$ 13.600

Final: R$ 19.451

 

Defensoria Pública da União


Os defensores públicos devem ser formados em Direito, ter registro na OAB e dois anos de prática jurídica. Responsáveis por orientar, representar e defender os interesses da população junto à União, atendem pessoas sem condições de contratar advogado particular. O órgão aguarda autorização para preencher 657 postos de defensor público nos próximos anos. Atualmente, o quadro conta com 461 profissionais. No início de 2010, o Cespe organizou concurso para preencher 134 vagas imediatas para a carreira.

Inicial: R$ 14.970

Final: R$ 19.451

Banco Central


Guardião da moeda nacional, o Banco Central é uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda. Seu quadro de profissionais é composto por técnicos, analistas e procuradores. Há dois anos o BC negocia a realização de vários concursos em sequência para suprir o significativo déficit de pessoal decorrente das aposentadorias. A direção do banco planeja contratar 1.800 novos profissionais. Espera-se que ela obtenha a autorização até junho.

Inicial: R$ 4.917 (técnico) e R$ 12.960 (analista)

Final: R$ 8.449 (técnico) e R$ 18.478 (analista)

INSS


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma autarquia do Ministério da Previdência Social. A expectativa é que a seleção para 2,3 mil vagas de analistas e técnicos tenha edital publicado ainda no primeiro semestre. O Ministério do Planejamento já autorizou o preenchimento de 500 vagas para analistas. A concorrência promete ser acirrada: no último concurso do órgão, organizado pela Fundação Carlos Chagas, 904 mil candidatos disputaram 1,5 mil vagas em 2011.

Inicial: R$ 4.192 (técnico) e R$ 6.440 (analista)

Final: R$ 7.010 (técnico) e R$ 10.051 (analista)

BNDES


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tem como objetivo financiar empreendimentos que contribuam para o crescimento do país. Com provas em março, o concurso atraiu número recorde de interessados: 138 mil pessoas se inscreveram na seleção que formará cadastro de reserva. Mais da metade dos inscritos busca cargos de nível médio. Organizado pela Fundação Cesgranrio, é o primeiro processo seletivo a reunir todas as carreiras da instituição de uma só vez.

Inicial: R$ 9.182 (analista) e  R$ 2.925 (técnico)

 

Ministério da Saúde


A próxima grande seleção será a primeira exclusivamente focada na saúde indígena. Pelo menos 2,5 mil profissionais das diversas áreas serão selecionados pelo Cespe/UnB para desenvolver trabalhos principalmente na região Norte do país. O ministério também terá de substituir por concursados, até o fim de 2014, 12,9 mil trabalhadores hoje contratados por meio de convênios. O último concurso da pasta foi realizado em 2009.

Inicial: R$ 2.728 (nível médio) e R$ 5.405 (nível superior)

Final: R$ 5.125 (nível médio) e R$ 10.151 (nível superior)

Ministério Público da União


É composto pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Militar e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. O MPU se prepara para realizar nova seleção com, pelo menos, 2,3 mil vagas. Há três anos, o MPU realizou concurso para 594 vagas. Organizado pelo Cespe/UnB, ele atraiu mais de 720 mil candidatos. Ainda não há previsão de seleções para procuradores. O novo concurso foi divulgado esta semana e também será organizado pelo Cespe.

Inicial: R$ 3.993 (técnico) e R$ 6.551 (analista)

Final: R$ 5.995 (técnico) e R$ 10.436 (analista)

Polícia Rodoviária Federal


Aguarda autorização para preencher 1,5 mil vagas desde meados de 2012. Poderão concorrer candidatos com formação superior em qualquer área. A solicitação foi aprovada pela presidenta Dilma Rousseff e aguarda a liberação do Ministério do Planejamento. O concurso anterior, de 2009, foi suspenso pela Justiça por dois anos após denúncias de irregularidades. Em 2011, foi retomado pelo Instituto Cetro, responsável por finalizar a seleção.

Inicial: R$ 5.804

Final: R$ 10.544

Judiciário


Ao todo, 8.694 vagas devem ser preenchidas em órgãos do Judiciário por meio de concursos e funções comissionadas em 2013. Entre elas, 4.226 estão reservadas para a Justiça do Trabalho, 2.845 para a Justiça Federal e 809 para o Tribunal de Justiça do DF. O TJDFT oferece 110 vagas imediatas e a formação de cadastro de reserva para técnicos e analistas. As provas foram realizadas em 24 de março. O cadastro de reserva é o que mais atrai os candidatos, devido à criação de novas varas no TJDFT.

Inicial: R$ 4.635 (técnico) e R$ 7.566 (analista)

Final: R$ 6.869 (técnico) e R$ 11.271 (analista)

 

Polícia Federal


Em 2012, foram abertas 1,2 mil vagas para os cargos de delegado, perito, agente, escrivão e papiloscopista. As seleções para delegado, escrivão e perito estão suspensas desde julho em função do impasse sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência. Os demais cargos tiveram o processo homologado em dezembro. Outros 1,2 mil postos devem ser ocupados para estes mesmos cargos na PF até 2014, com a convocação de novo concurso ainda este ano.

Inicial: R$ 13.368 (delegado e perito)

Final: R$ 19.699 (delegado e perito)

Inicial: R$ 7.514 (agente, escrivão e papiloscopista)

Final: R$: 11.879 (agente, escrivão e papiloscopista)

Polícias Civil e Militar


Na lista de prioridades dos governos estaduais, os concursos previstos para a segurança pública vão oferecer, pelo menos, 15 mil vagas até dezembro. Nas polícias Militar e Civil do Distrito Federal, as mais bem remuneradas do país, 1,4 mil vagas serão ocupadas até junho. No início de dezembro, a Polícia Militar do DF publicou edital com mil vagas para soldado e, em 14 de janeiro, o governo do Distrito Federal autorizou concurso para 300 vagas mais formação de cadastro de reserva para a Polícia Civil.

Polícia Civil-DF - Inicial: R$ 7.317

Final: R$ 19.699

PM-DF - Inicial: R$ 4.306

Final: R$ 12.890

Veja ainda:

2013, o ano do concurso público no Brasil

Compre e assine a Revista Congresso em Foco

Curta o Congresso em Foco no Facebook

Siga o Congresso em Foco no Twitter

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!