Orçamento: relator diz não haver espaço para retomada do crescimento

Relator-geral do orçamento se reuniu com novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e manifestou preocupação com verba reduzida para investimentos

O relator-geral do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse que não há espaço para que o governo induza a retomada do crescimento na proposta orçamentária do ano que vem. “No orçamento de 2016 não há espaço para o anticíclico, para o governo movimentar a economia”, declarou Barros, após uma reunião com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Barros relatou que Barbosa acredita ser possível conciliar ajuste fiscal com fomento da economia patrocinado pelo governo, e se colocou à disposição dos parlamentares. Os dois conversaram sobre compromissos assumidos pelo governo com o orçamento, aprovado pelo Congresso no último dia 17.

No orçamento de 2016 há uma previsão de R$ 45 bilhões para investimentos públicos – um valor “muito menor” do que foi investido nos anos anteriores, segundo Barros, ainda que o Congresso assegure o aumento de R$ 10 milhões ao previsto inicialmente. O relator admitiu que haverá contingenciamento no orçamento do próximo ano.

Ricardo Barros ainda destacou que desde 2014 já houve uma redução de 37% dos investimentos do governo federal. A taxa chega aos 45% quando computada a inflação.

Veja a reportagem completa em O Estado de São Paulo

Mais sobre orçamento

Mais sobre crise econômica

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!