Oposição lança petição online pró-impeachment de Dilma

Segundo os parlamentares responsáveis pelo site, objetivo é tentar pressionar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, a dar seguimento aos pedidos de afastamento de Dilma em tramitação na Casa

Deputados da oposição lançaram, na manhã desta quinta-feira (10), um site com abaixo-assinado requerendo o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O site www.proimpeachment.com.br já está no ar.

A frente parlamentar reúne deputados do PSDB, DEM, PSC, PPS e SD, e do PMDB, do vice-presidente Michel Temer. Deputados ligados ao grupo acreditam que pelo menos 280 parlamentares já apoiam o afastamento da presidente. Destes, em torno de 30 seriam do próprio PMDB, da base de apoio ao governo.

Segundo os responsáveis pelo site, a intenção é pressionar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a dar seguimento aos pedidos de afastamento de Dilma em tramitação na Casa. Desde janeiro, já foram protocolados 22 requerimentos de afastamento de Dilma na Casa. Destes, 15 ainda estão em tramitação.

Os deputados acreditam que a Câmara terá uma posição sobre o pedido de impeachment da Dilma em 30 dias; na pior das hipóteses, em 60 dias. O ato do lançamento do site ocorreu no salão verde da Câmara e reuniu dezenas de deputados e o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO).

Para chamar a atenção, os deputados exibiam bexigas pretas e mini “Pixulecos”, o boneco do presidente Lula vestido de presidiário que se tornou um símbolo das manifestações populares contra o governo federal.

“Queremos iniciar um amplo convencimento dos parlamentares da importância de tomarmos uma medida concreta contra esse governo”, declarou o líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP). “A presidente Dilma cometeu estelionato eleitoral. Ela mentiu durante a campanha sobre a situação do país”, enfatizou o líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE).

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!