Oposição entra com representação contra Dilma no TSE

As executivas do DEM e do PSDB entraram na manhã desta quarta-feira (18) com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o presidente Lula e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Os partidos de oposição alegam que o PT tem realizado “campanha antecipada” a favor de Dilma, apontada por Lula como possível candidata à sucessão presidencial em 2010.

Os partidos questionam a legalidade da realização de pré-campanha antes de período eleitoral e pedem, sobretudo, explicações sobre o Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, que reuniu em Brasília mais 3,5 mil chefes de prefeituras no último dia 10. As executivas acusam que o evento teve caráter eleitoreiro e exigem punição dos responsáveis.

Na semana passada, a bancada do DEM na Câmara já havia protocolado junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) um pedido de investigação dos gastos do governo federal no encontro dos prefeitos. Na ocasião, o líder do partido na Casa, deputado Ronaldo Caiado (GO), acusou a ministra Dilma de utilizar o encontro como palanque.

"O que nós vimos foi a promoção da Dilma. O discurso de Dilma foi um discurso eleitoral. Afinal de contas, para quê trazer os prefeitos a Brasília para informar algo que eles já sabiam", questionou Caiado. (Renata Camargo)

Leia também:

Oposição acusa Lula de usar o PAC para promover Dilma

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!