Oposição diz que vai ao Supremo contra decisão sobre CPI da Petrobras

Senadores oposicionistas não querem ampliar foco de investigação da CPI da Petrobras, como defende o governo

Senadores do governo e da oposição divergem sobre a posição do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que rejeitou duas questões de ordem contra a criação de CPIs para investigar a Petrobras e encaminhou sua decisão para análise da Comissão de Constituição e Justiça. Para o líder do governo, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), a decisão demonstra que é constitucional a intenção do governo de ampliar o foco da CPI para abranger contratos de metrôs em SP e no DF. O líder do DEM, senador José Agripino (RN), afirma que a oposição vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Leia mais sobre Petrobras

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!