OAB decide cancelar registro profissional de José Dirceu

Cancelamento será confirmado quando não houver mais possibilidade de apresentação de recursos. Condenado no mensalão e investigado na Operação Lava Jato, Dirceu terá 15 dias para recorrer da decisão

A Primeira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu nesta segunda-feira (11) cancelar o registro de advogado do ex-ministro José Dirceu, condenado no mensalão e investigado na Operação Lava Jato.

A decisão não é definitiva e cabe recurso ao Órgão Especial da Ordem. O ex-ministro terá 15 dias para apresentar recurso. Segundo a OAB, o cancelamento só se confirma depois que não houver mais possibilidade de apresentação de recursos.

O processo teve início na seccional de São Paulo. A Ordem informou que o conteúdo do processo não será divulgado porque debateu questão de idoneidade, requisito obrigatório para ser advogado, e, por isso, permanecerá em segredo.

Mais sobre José Dirceu

Mais sobre Judiciário

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!