As principais frases de Janot na sabatina no Senado

Veja as principais frases ditas pelo procurador-geral da República na Comissão de Constituição e Justiça do Senado até o momento

Petrolão
"A Petrobras foi e é alvo de um megaesquema de corrupção, um enorme esquema de corrupção que eu, com 31 anos de Ministério Público, jamais vi'. Esse megaesquema de corrupção chegou a roubar nosso orgulho. Por isso a gente investiga sério esse esquema da Petrobras."

Acordão
"Eu nego, veementemente, a possibilidade de qualquer acordo que possa interferir nas investigações. Senador, há mais de 35, 36 anos, fiz opção pelo direito. Há 31 anos, fiz opção pelo Ministério Público. A essa altura da minha vida, não deixaria os trilhos da atuação técnica do Ministério Público para me embrenhar num processo que não domino e não conheço, que é o caminho da política."

"Ainda que quisesse fazer um acordo desses, teria que combinar com os russos, 20 colegas e um grupo de delegados muitos preparados da Polícia Federal"

"Sou Ministério Público, penso Ministério Público, ajo como Ministério Público. Esse é o compromisso que assumo. Não há possibilidade de qualquer acordão, como dizem por aí.”

Investigação sobre todos
“Em 2013, quando aqui estive para ser sabatinado, ressaltei a importância da impessoalidade na atuação estatal e lembrei que a régua da Justiça deve ser isonômica e sua força deve se impor a fortes e fracos, ricos e pobres, sem acepção de pessoas. A mensagem que a linguagem simples do povo traduz no ‘pau que dá em Chico, dá em Francisco’ transmite à sociedade mensagem essencial de igualdade, de republicanismo, de isenção de privilégios, de impessoalidade, e, acima de tudo, de funcionamento regular do estado.”

Foro privilegiado
"Se pudesse sugerir, era restringir o número de  autoridades submetidas à prerrogativa de foro. São várias autoridades."

Delação premiada
"O colaborador não é um dedo duro, um X-9, um alcaguete. Ele tem que reconhecer a prática do crime, confessar e dizer quais são as pessoas que estavam também envolvidas na prática desses delitos."

“Na realidade, 79% dessas delações foram obtidas com réus soltos. Quase 80% das colaborações foram feitas com réus soltos. Somente 20% ocorreram com réus presos.”

Doações e propinas
"Doação eleitoral, segundo a legislação vigente, ela é lícita. Passa a ser ilícita se vem travestida de propina, aí não é doação eleitoral, é uma forma de lavagem"

Por que continuar
"A minha motivação para tentar a recondução ao cargo não se presta à satisfação do ego ou à sofreguidão do poder. Não é isso que me move. Me move a firme vontade de continuar a servir à minha nação. Venho aqui após ter tido o reconhecimento de 799 colegas do MPF e de ter sido indicado pela presidente da República."

A sabatina continua na Comissão de Constituição e Justiça. Assista à transmissão ao vivo

Corrupção na Petrobras é a maior que já vi, diz Janot

Mais sobre a Operação Lava Jato


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!