Nos jornais: Supremo tem outro servidor condenado pela Justiça

O servidor cumpriu pena por apropriação indevida da Caixa Econômica Federal e tem cargo de confiança na maior corte judicial do país

Supremo tem outro servidor condenado pela Justiça

O servidor responsável por cuidar do patrimônio do Supremo Tribunal Federal (STF) cumpriu pena por peculato e por improbidade administrativa em razão de uma suposta apropriação indevida de recursos da Caixa Econômica Federal (CEF), quando era gerente de uma das agências do banco em Brasília. A própria CEF apontou que, em 1998, o então gerente Edmilson Palma Lima fraudou o banco e usou R$ 5.675,47 para pagar contas pessoais.

Mais de 15 anos depois, Edmilson foi condenado pela Justiça, prestou serviços à comunidade no caso do crime de peculato e está sentenciado em definitivo por improbidade — a decisão é de agosto de 2011. Mesmo assim, ele tem um cargo de confiança no STF: é coordenador de Material e Patrimônio da Corte máxima da Justiça brasileira. Desde 2005, ele eventualmente exerce o cargo de secretário substituto de Administração e Finanças, um dos mais altos postos da hierarquia administrativa do tribunal.

O Estado de S.Paulo

‘Para escapar do pibinho, o caminho é a abertura’, diz Edmar Bacha

No atual debate político econômico brasileiro, poucos têm posição tão clara como o economista Edmar Bacha. "Não é segredo para ninguém que sou tucano", diz ele.

Um dos pais do Plano Real e hoje diretor da Casa das Garças, ponto de encontro carioca reservado às discussões de temas de interesse nacional, Bacha defende que o novo governo vai precisar impor um "desafazimento" da atual política macroeconômica e lançar as bases para uma abertura comercial de longo prazo. Segundo Bacha, os "pibinhos" são frutos do isolamento nacional.

Guerra do Brasil é na fronteira

Depois de dois dias de chuva fina e neblina, finalmente um sábado de sol, céu sem nuvens - os três aviões de ataque, Super Tucanos, decolaram quase simultaneamente da base em Boa Vista, capital de Roraima, dois deles levando duas bombas de 230 quilos.

Monitorados eletronicamente desde Manaus, distante 700 quilômetros, os turboélices do Esquadrão Escorpião faziam um voo manso, ajustando as coordenadas do alvo, a 218 km: uma faixa de terra rasgada no meio da selva; 300 metros de extensão por 15 de largura que recebia, para pouso e decolagem, aviões de traficantes de armas e drogas.

O Globo

Supremo tem outro servidor condenado pela Justiça

O servidor responsável por cuidar do patrimônio do Supremo Tribunal Federal (STF) cumpriu pena por peculato e por improbidade administrativa em razão de uma suposta apropriação indevida de recursos da Caixa Econômica Federal (CEF), quando era gerente de uma das agências do banco em Brasília. A própria CEF apontou que, em 1998, o então gerente Edmilson Palma Lima fraudou o banco e usou R$ 5.675,47 para pagar contas pessoais.

Mais de 15 anos depois, Edmilson foi condenado pela Justiça, prestou serviços à comunidade no caso do crime de peculato e está sentenciado em definitivo por improbidade — a decisão é de agosto de 2011. Mesmo assim, ele tem um cargo de confiança no STF: é coordenador de Material e Patrimônio da Corte máxima da Justiça brasileira. Desde 2005, ele eventualmente exerce o cargo de secretário substituto de Administração e Finanças, um dos mais altos postos da hierarquia administrativa do tribunal.

PM tira comandante do Bope em dia de operação no Alemão

A PM confirmou neste sábado que o comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), tenente-coronel Fábio Souza, deixou o cargo como parte da “estratégia de comando da corporação”.

O oficial não participou da reocupação pelo Bope e pelo Batalhão de Choque dos Complexos do Alemão e da Penha ao longo do dia. Apesar da explicação da PM, o RJTV informou que a sua saída pode estar ligada a críticas ao comandante-geral da PM, coronel José Luís Castro, em redes sociais. Sua exoneração deve ser assinada na segunda-feira. O nome do sucessor não foi divulgado.

Em nota, a corporação afirmou que o "oficial assume o desafio de comandar outra unidade, onde toda sua experiência acumulada nos últimos dois comandos irá contribuir para o sucesso da nova missão, que será divulgada em breve". A corporação escreveu ainda que trocas de comandantes fazem parte da rotina da corporação e que o comandante-geral da PM não tem conhecimento de que o tenente-coronel o teria criticado em redes sociais.

Ucrânia acusa Rússia de invasão militar no sudeste do país

A Ucrânia acusou, neste sábado, a Rússia de invadir militarmente seu território com a mobilização de 80 soldados, helicópteros e blindados em um vilarejo situado na Ucrânia continental, perto da fronteira administrativa com a península da Crimeia. Segundo o governo ucraniano, as tropas ocupam uma estação de gás.

A diplomacia ucraniana afirmou que “80 soldados russos” tomaram o controle da localidade de Strilkove, no limite da Crimeia, “com o apoio de quatro helicópteros e três veículos blindados de combate”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!