Nos jornais: PSB e Rede disputam comando da campanha de Marina

No dia em que Marinafoi oficializada candidata à Presidência, o PSB e a Rede, grupo político comandado pela ex-senadora, travaram uma tensa disputa pelo controle burocrático da campanha ao Planalto

Folha de S.Paulo

PSB e Rede disputam comando da campanha

No dia em que Marina Silva foi oficializada candidata à Presidência, o PSB e a Rede, grupo político comandado pela ex-senadora, travaram uma tensa disputa pelo controle burocrático da campanha ao Planalto.

Durante reunião nesta quarta-feira (20), que durou cerca de seis horas em Brasília, Marina colocou dois homens de sua extrema confiança em postos estratégicos para a disputa eleitoral.

O deputado Walter Feldman foi escalado para a coordenação-geral da campanha ao lado de Carlos Siqueira, secretário-geral do PSB. Bazileu Margarido, que estava na vaga que agora é de Feldman, foi nomeado titular do comitê financeiro. Henrique Costa, então tesoureiro, passou a ser o adjunto.

Integrantes do PSB afirmaram à Folha que Marina teria "demitido" Siqueira. Aliados da agora candidata, porém, dizem que o caso foi apenas um mal entendido e que Feldman foi designado para trabalhar em dupla, ajudando Siqueira na sua função.

"É muito importante que ele [Siqueira] continue. Estamos tentando demovê-lo dessa ideia de sair da campanha", disse Feldman. Horas depois, Marina enviou um emissário, Maurício Rands, para pedir desculpas pelo modo como falou com o secretário-geral do PSB. Siqueira, no entanto, estava irredutível e saiu da reunião dizendo que "não pisaria mais no comitê da campanha". Procurado pela Folha, Siqueira negou o atrito.

Aécio convoca cúpula tucana para avaliar novo cenário

A consolidação da candidatura da ex-senadora Marina Silva à Presidência pelo PSB levou o candidato do PSDB ao Planalto, Aécio Neves, a convocar uma reunião com a cúpula de seu partido e as principais siglas aliadas.

Fernando Henrique Cardoso e o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) estiveram com Aécio na noite desta quarta-feira (20) para discutir os rumos da corrida presidencial.

Na última terça (19), o coordenador-geral da campanha, Agripino Maia (DEM-RN), passou o dia em reuniões com todos os apoiadores regionais de Aécio, analisando a situação Estado por Estado.

PF intima Serra a depor sobre cartel dos trens

A Polícia Federal intimou o ex-governador paulista e candidato ao Senado José Serra (PSDB) para depor sobre os contatos que manteve com empresas do cartel de trens que atuou no Estado entre 1998 e 2008, de acordo com documento obtido pela Folha.

A polícia quer saber se o tucano, quando era governador, atuou a favor das multinacionais CAF e Alstom numa disputa com outra empresa do cartel, a Siemens, como sugerem e-mails e o depoimento de um executivo à PF.

O Globo

TCU adia mais uma vez decisão sobre o bloqueio dos bens de Graça Foster

O Tribunal de Contas da União (TCU) adiou mais uma vez o julgamento sobre o bloqueio dos bens da presidente da Petrobras, Graça Foster. O julgamento foi interrompido após ministros comentarem a matéria publicada no site do GLOBO, que mostra que Graça e Nestor Ceveró, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, doaram imóveis a parentes após estourar o escândalo sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. A movimentação envolve apartamento em áreas valorizadas no Rio. Dez membros da diretoria da Petrobras, entre ex e atuais gestores, tiveram os bens bloqueados. Por um erro do TCU, a presidente da estatal havia ficado de fora, e na sessão de hoje o tribunal decidiria sobre o bloqueio dos bens dela.

Na CPI notícia causa bate boca; oposição cobra investigação

A oposição cobrou que a CPI mista da Petrobras investigue a doação de imóveis feita pela presidente, Graça Foster, e pelo ex-diretor da área internacional da estatal Nestor Cerveró, como revelou o site do O Globo ontem.Durante a sessão da CPI realizada, o líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR), apresentou requerimento  - que deverá ser votado na próxima reunião da comissão -  para ter acesso aos documentos que comprovem as doações.

O Estado de S.Paulo

Marina é lançada candidata, dá sinais ao mercado e amplia poderes no PSB

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva foi oficializada ontem como candidata do PSB à presidência da República. Nos bastidores, ampliou seu poder sobre a campanha – terá mais controle, por exemplo, sobre o caixa do comitê. Em princípio, deu sinais ao mercado a fim de afastar temores de que uma eventual vitória sua seja uma aventura, principalmente na área econômica.

Panfleto de Aécio garante que ele não mexe na CLT

Depois de dizer em eventos com empresários no começo do ano que, se fosse eleito cogitava flexibilizar a legislação trabalhista em alguns setores, como o do Turismo, o candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves, mandou sua equipe produzir panfletos de campanha direcionados a sindicalistas no qual defende a  “manutenção das lei trabalhistas”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!