Nos jornais: Lula antecipa temas-chave da sucessão

Disposição de estar nos palanques é interpretada, por alguns, segundo o Correio Braziliense, como reforço luxuoso. Para outros, é um sinal de que a popularidade da presidente não se sustenta

Correio Braziliense

Lula antecipa temas-chave da sucessão

Aliados e oposição repercutem a entrevista do ex-presidente ao Correio, sobretudo a afirmação de que seria daqui pra frente, a “metamorfose ambulante de Dilma”. Disposição de estar nos palanques é interpretada, por alguns, como reforço luxuoso. Para outros, é um sinal de que a popularidade da presidente não se sustenta.

80 mil chances de trabalho no serviço público

Onda de aposentadorias aumenta oportunidades em todo o país. No DF, os concursos mais concorridos são os para a Polícia Civil e para a Secretaria de Educação, ambos com provas marcadas para o fim do ano.

Fora do sistema

Quase 53 milhões de brasileiros não têm conta bancária, cartões ou poupança. Dá para confiar no cofrinho?

Eike desmancha no ar

O Banco Central está preocupado com a capacidade de o grupo EBX honrar os compromissos com credores.

Rede forte no DF?

Dois dos políticos locais mais votados, Chico Leite e Reguffe aguardam o sinal verde para a criação do partido de Marina Silva. Registro tem o poder de alterar a disputa pelo Buriti.

Ir e vir limitado

A convite do Correio, a cadeirante Maria do Desterro e a deficiente visual Iêda Hebe testaram a acessibilidade entre o Estádio Nacional e o Centro de Convenções: foram muitos os obstáculos.

Folha de S. Paulo

PF investiga propina de R$ 52 mi em trens de SP

Empresas acusadas de fraude em licitações de trens no Estado de São Paulo pagaram R$ 52 milhões a firmas de consultoria investigadas pela Polícia Federal sob a suspeita de repassar propina a políticos e funcionários públicos desde o fim da década de 1990.

Algumas dessas consultorias foram identificadas pela primeira vez em inquérito aberto pela PF em 2008 para investigar negócios da multinacional francesa Alstom com empresas do setor elétrico e de transporte, controladas pelo governo estadual.

Neste ano, a PF ampliou o foco das investigações para empresas denunciadas pela alemã Siemens ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) como participantes de um cartel que combinou o resultado de várias concorrências do Metrô e da CPTM entre 1998 e 2008.

Empresas afirmam ter provas de que as consultorias não foram forjadas

As empresas investigadas pela Polícia Federal sob a suspeita de terem usado consultorias para repassar propina negam ter pago suborno.

Em nota, a Bombardier diz que Jorge Fagali Neto prestou consultoria para projetos que incluíam a sinalização de uma estrada de ferro na Colômbia, sinalização de transporte ferroviário urbano no Brasil e modelagem para a reforma de trens da CPTM.

A companhia afirma ter todas as notas e contratos e que os pagamentos à BJG foram feitos "pelos meios oficiais, tanto que foram identificados no relatório da PF".

Ataque a tiros em faculdade mata ao menos 42 na Nigéria

Ao menos 42 estudantes foram mortos por homens armados que invadiram o alojamento de uma faculdade no nordeste da Nigéria ontem, enquanto a maioria das vítimas dormia. O número de mortos pode chegar a 50. Ao menos 18 pessoas ficaram feridas.

A milícia extremista muçulmana Boko Haram é suspeita de ter cometido o ataque, que aconteceu durante a madrugada na Faculdade de Agricultura da cidade de Gujba, no estado de Yobe.

Pela TV, o presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, condenou o atentado e questionou a motivação do Boko Haram para o massacre.

Prefeitura de SP pede auditoria no custo dos ônibus

O governo Fernando Haddad (PT) abriu a licitação para contratar uma auditoria geral na contabilidade e em toda a estrutura de custos das empresas e cooperativas de ônibus que prestam serviços à Prefeitura de São Paulo.

A decisão de auditar as empresas já havia sido tomada depois da suspensão do reajuste nas tarifas, após as manifestações de junho. Hoje, cabe à SPTrans gerenciar os contratos. Os auditores devem tentar rever as contas de forma independente. Os primeiros resultados devem sair em 2014.

Lula diz que teria 'mais critério' hoje ao indicar para STF

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em entrevista ao "Correio Braziliense", que se fosse indicar hoje um ministro para o STF (Supremo Tribunal Federal) teria "mais critério".

Apesar de dizer que indicaria hoje os mesmos nomes à Suprema Corte se tivesse que decidir com as informações que tinha no passado, Lula admite que, ciente das informações que tem agora, faria opções diferentes. "Eu teria mais critério. Um presidente recebe listas e mais listas com nomes", explica.

Dos atuais 11 ministros, Lula foi o responsável pela indicação de quatro ao STF: o presidente Joaquim Barbosa, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski.

Barbosa foi o relator do mensalão e acatou a maior parte das acusações contra os réus, entre eles José Dirceu, ex-ministro de Lula.

Universidade Yale recua em ação contra repórter brasileira

A Universidade Yale, nos Estados Unidos, informou que não pretende acionar a promotoria contra a jornalista brasileira Cláudia Trevisan, presa no campus da instituição na última quinta.

Correspondente do jornal "O Estado de S.Paulo" em Washington, Trevisan esperava pelo fim de uma palestra do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa. A repórter ficou detida por algumas horas e foi liberada no mesmo dia. O Itamaraty havia sido acionado.

Oposição vai pedir para TSE reavaliar contas de Dilma

Políticos e partidos da oposição cobraram ontem que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reexamine a prestação de contas da presidente Dilma Rousseff referente à campanha eleitoral de 2010.

Conforme reportagem da Folha publicada ontem, cabos eleitorais que aparecem na prestação de contas da candidata do PT como voluntários afirmaram terem sido pagos pelo trabalho.

Pelo menos 12 pessoas localizadas em Mato Grosso e no Piauí disseram nunca ter atuado de graça na campanha da presidente.

Modelo diz que não oferecia vantagens indevidas a prefeitos

Suspeita de participar da quadrilha que lavava dinheiro e desviava recursos de fundo de pensão, a modelo e agente de investimentos Luciane Hoepers disse que não oferecia vantagens indevidas a prefeitos e que apenas negociava investimentos.

Em entrevista exibida ontem pelo "Fantástico", da TV Globo, Luciane afirmou que não poderia ser "condenada a ser prostituta" por sua beleza e desafiou a Polícia Federal a apresentar provas.

O Globo

Petrobras ampliará capacidade em 50%

Enquanto o governo não autoriza um reajuste no preço dos combustíveis, a Petrobras aposta em nove plataformas que estão sendo instaladas este ano para elevar as receitas. Elas vão representar um milhão de barris de petróleo a mais por dia na capacidade instalada do país, segundo a empresa. A alta de 50% é a chance de a estatal neutralizar efeitos da ingerência política em seu caixa e no valor das ações. O desafio é executar, até 2017, investimentos de US$ 236 bilhões.

Minorias ainda buscam igualdade de direitos

A dignidade humana é um valor constitucional, mas especialistas alertam que os direitos individuais ainda são uma realidade distante para minorias. Presos sofrem com superlotação e condições degradantes. E índios e moradores de comunidades lutam contra a desigualdade.

Professores acusam PM de truculência

O Sindicato Estadual de Profissionais de Educação do Rio de Janeiro estuda se irá à Justiça contra o Estado. Os professores acusam a Polícia Militar de ter sido violenta ao expulsar, sábado à noite, os grevistas que ocupavam desde a semana passada o plenário da Câmara de Vereadores. O comandante da PM, coronel Luís Castro, negou qualquer excesso. O governador Sérgio Cabral criticou a invasão da Casa.

O Estado de S. Paulo

Nigéria atribui chacina de 50 estudantes a grupo islâmico

Cerca de 50 estudantes de um centro de ensino agrícola foram executados a tiros no nordeste da Nigéria, aparentemente enquanto dormiam, num dos mais sangrentos ataques da história recente do país. Radicais islâmicos da milícia Boko Haram, que lideram uma violenta insurgência na região, são os principais suspeitos do massacre.

O ataque começou por volta da 1 hora, segundo o diretor da instituição, Idi Mato. “Os estudantes foram mortos enquanto dormiam. Abriram fogo contra eles”, disse Mato. A maior parte das vítimas tinha entre 18 e 22 anos. O nordeste nigeriano vive em estado de emergência, em meio à luta entre forças do governo do presidente Goodluck Jonathan e o Boko Haram. A campanha insurgente para impor um Estado islâmico, num país que tem metade da população cristã, já matou mais de 1.700 pessoas desde 2010 e obrigou 30 mil a fugir, principalmente para Camarões e Chade.

Paquistão conta 43 mortos

Duas explosões, em Peshawar, no noroeste do Paquistão, deixaram 43 mortos e mais de 100 feridos ontem.

Rui Falcão é o deputado que mais falta na Assembleia

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, é o deputado que mais falta a sessões na Assembleia Legislativa de São Paulo. Até o mês de julho ele deixou de comparecer a pelo menos 187 das 584 sessões, segundo levantamento feito pelo Estado com base em dados obtidos na Assembleia por meio da Lei de Acesso à Informação. É a primeira vez que a Casa abre os dados de frequência dos deputados.

Entidades do Minha Casa agem como imobiliárias

Entidades responsáveis pela gestão de R$ 238,2 milhões do Minha Casa Minha Vida passaram a funcionar como imobiliárias em bairros da periferia. Movimentos de moradia liderados por filiados ao PT oferecem a seus associados 4 mil imóveis adquiridos com incentivos fiscais do governo.

TAM estuda voltar às origens

Numa guinada estratégica, a empresa poderá retomar os voos regionais e comprar aviões menores. Em entrevista ao Estado, a presidente da TAM, Claudia Sender, disse que a decisão depende do plano do governo para a aviação regional.

Recuperação chinesa dá alento a exportações do Brasil

A economia chinesa tem dado recentemente sinais positivos, em especial no desempenho da indústria, o que contraria previsões de analistas de uma desaceleração mais forte. Para o Brasil, esses sinais começam a trazer esperança de um melhor desempenho na balança comercial, já que os chineses são os principais importadores de produtos brasileiros, com destaque para minério de ferro e commodities agrícolas.

Professores vão à Justiça no Rio

Retirados à força da Câmara Municipal, funcionários e professores planejam ações contra a Polícia Militar e o governo do Estado. A acusação é de truculência.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!