Nos jornais: Brasil e Suíça investigam conta secreta de Pizzolato

De acordo com O Estado de S. Paulo, conta aberta num banco suíço e com saldo de quase € 2 milhões foi movimentada após a fuga do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil. Folha de S. Paulo informa que José Dirceu recebeu ligação telefônica na prisão

O Estado de S. Paulo

Brasil e Suíça investigam conta secreta de Pizzolato

Autoridades brasileiras e da Suíça investigam uma conta secreta operada por Henrique Pizzolato, o ex-diretor do Banco do Brasil que fugiu do País após ter a prisão decretada pelo Supremo Tribunal Federal pela condenação no julgamento do mensalão. A conta aberta num banco suíço e com saldo de quase € 2 milhões foi movimentada após a fuga de Pizzolato, há cerca de dois meses, segundo investigadores brasileiros e suíços. O saldo, contudo, não está zerado.

De acordo com informações apuradas pelo Estado, para o governo brasileiro a conta no exterior mostra que a fuga de Pizzolato foi a muito bem planejada". A Polícia Federal já tem certeza de que o ex-diretor do BB foi mesmo para a Itália, mas não tem recebido cooperação da polícia do país europeu, única que poderia aprofundar as investigações sobre o seu paradeiro.

Kassab recebeu dinheiro da Controlar, acusa testemunha

Uma testemunha protegida disse ao Ministério Público Estadual ter ouvido que o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) recebeu "Verdadeira fortuna" da empresa Controlar, responsável pela inspeção veicular, e que o dinheiro ficou guardado em seu apartamento. O ex-secretário de Finanças de Kassab, Mauro Ricardo, também é citado nas acusações. A testemunha não apresentou provas e todos os acusados negam irregularidades.

A testemunha relatou fatos que teriam sido narrados por Ronilson Bezerra Rodrigues, apontado como líder da máfia do Imposto Sobre Serviço (ISS). Ele afirmou que Kassab pediu ajuda ao empresário Marco Aurélio Garcia, irmão do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Garcia, para levar o dinheiro até uma fazenda em Mato Grosso. Kassab nega e classifica as acusações como "fantasiosas".

Ainda segundo o relato, Rodrigues disse à testemunha protegida, "em tom de anedota"; que o avião "teve dificuldade de decolar em razão da quantidade de dinheiro embarcada". O depoimento da "testemunha Gama", consta do Procedimento Investigatório Criminal (PIC) 03/2013 do MPE. O relato foi anexado aos autos no dia 19.

Diretor de estatal cita propina do cartel em inquérito; um mês depois é demitido

Titular de vários postos de comando em estatais ao longo dos governos tucanos em São Paulo, Benedito Dantas Chiaradia disse em depoimento prestado em 14 de novembro à Polícia Federal que ouviu de pessoas da área metroferroviária relatos sobre pagamento de propina a agentes públicos.

Chiaradia, que foi diretor da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entre 1999 e 2002, disse que o consultor Arthur Teixeira era apontado como intermediador das empresas do cartel. Ele viabilizava, segundo os relatos que diz ter ouvido, o pagamento de propina para o hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Robson Marinho, chefe da Casa Civil do governo Mário Covas nos anos 1990, e para servidores da CPTM e do Metrô.

Citados negam acusações e gestão Alckmin não comenta

Procurado para explicar a demissão de Benedito Dantas Chiaradia, o governo paulista informou por duas vezes, via assessoria de imprensa, que se pronunciaria sobre o caso. Contudo, não respondeu até esta edição ser concluída e disse, às 2ih, que quem deveria se manifestar era o DAEE - a estatal também não se pronunciou.

Siemens mandou Rheinheimer à Alemanha para obter provas

O vice-presidente de Assuntos Jurídicos da Siemens, Fabio Selhorst, afirmou que a empresa pagou uma viagem do principal delator do cartel, o ex-diretor Everton Rheinheimer, à sede da empresa, na Alemanha, para ele "produzir provas do que está falando". A informação foi divulgada em entrevista à revista América Economia, especializada na área econômica. A viagem foi feita no ano passado.

Haddad congela 20% do orçamento

O prefeito Fernando Haddad (PT) congelará cerca de R$ 10 bilhões, 20% do orçamento deste ano, e obras de corredores de ônibus, creches e moradias populares estão ameaçadas.

"Rolezinho"; vetado

Membros do MTS protestam por terem sido impedidos de entrar no Shopping Jardim Sul para promover um "rolezão popular". Membros do governo Dilma tentaram usar politicamente os “rolezinhos” e saíram em defesa dos jovens que participam dos encontros.

Governo segurou repasse do SUS para fazer superávit

O governo federal reduziu os repasses financeiros do Sistema Único de Saúde (SUS) a Estados e municípios na virada do ano, revelam dados levantados pelo "Estado". O expediente, que "poupou" R$ 2,66 bilhões do Tesouro Nacional em dezembro de 2013 na comparação com mesmo mês de 2012, ajudou o governo Dilma Rousseff a cumprir a meta de economia para pagar juros da dívida pública, o chamado superávit primário.

Dados do Fundo Nacional de Saúde (FNS), agente Financeiro do SUS vinculado ao Ministério da Saúde, evidenciam o recuo, em, dezembro, nas transferências cujo repasse é automático pelo modelo "fundo a fundo": em 2012, foram repassados R$ 8,6 bilhões. Em 2013, R$ 5,94 bilhões. As principais reduções ocorreram nas parcelas de procedimentos de média e alta complexidade, atenção básica e gestão do SUS.

PMDB dá trégua a Dilma na reforma

Depois de ouvir de Dilma Rousseff a informação de que qualquer decisão sobre a reforma ministerial só será to mada no final deste mês ou início de fevereiro, o PMDB decidiu dar uma trégua à presidente da República nas cobranças por mais espaço na Esplanada dos Ministérios. A partir de agora, vai aumentar a pressão para que o PT apoie o partido nas candidaturas aos governos do Rio de Janeiro, Ceará e Mato Grosso do Sul, retirando os nomes já apresentados.

Ministério Público pede R$ 20 mi de indenização para indígenas

O Ministério Público Federal entrou ontem com ação pedindo o pagamento de indenização de R$ 20 milhões, a título de danos morais coletivos, aos povos indígenas tenharim e jiahui, da região de Humaitá, no sul da Amazônia. Segundo o MPF, a União e a Fundação Nacional do índio (Funai) são responsáveis por danos ambientais, socioculturais e morais coletivos causados pela construção da Transamazônica (BR 230) em terras indígenas.

Dilma e Blatter tentam pôr fim a mal-estar

Dilma Rousseff e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, vão se reunir em Zurique, na semana que vem, na esperança de colocar um ponto final em todas as crises entre o governo e a entidade e, além disso, montar um esquema de trabalho para garantir que todas as obras estejam concluídas a tempo para a Copa do Mundo, que começará em menos de cinco meses.

O encontro está sendo mantido em sigilo pelas duas partes, mas uma importante autoridade do governo brasileiro confirmou ao Estado que ele ocorrerá na quinta-feira, na sede da Fifa. Será a primeira visita da presidente da República à entidade máxima do futebol desde o início de seu mandato, em j aneiro de 2011. Um dia antes, ela inaugurará a Arena das Dunas, em Natal, um dos 12 estádios que serão utilizados na Copa.

Egípcios aprovam nova Constituição

Egípcios votaram em massa em favor da nova Constituição. O referendo virou teste de legitimidade do golpe que derrubou o presidente Mohamed Morsi.

Folha de S. Paulo

Secretário da BA afirma ter falado por celular com Dirceu na prisão

Um secretário do governo da Bahia afirma ter conversado por celular com José Dirceu na semana passada. O ex-ministro está preso há dois meses na Papuda. O autor da ligação foi James Correia, titular da Indústria, Comércio e Mineração na gestão Jaques Wagner (PT). Ele é empresário na área de gás e petróleo, na qual Dirceu atuava como consultor. Correia diz que o amigo está bem disposto e animado por trabalhar na biblioteca do presídio. "Ele está fazendo o que gosta", contou.

Kassab obteve 'fortuna' da Controlar, diz testemunha

Uma testemunha ouvida pelo Ministério Público na investigação da máfia do ISS disse que o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) recebeu uma "fortuna" da Controlar, empresa responsável pela inspeção veicular na capital.

Segundo ela, esse dinheiro ficou no apartamento do então prefeito e foi transferido de avião para uma fazenda em Mato Grosso, numa operação capitaneada pelo empresário Marco Aurélio Garcia. A informação foi revelada na noite de ontem pelo "Jornal Nacional" e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". Ex-prefeito diz que o depoimento é "falso e fantasioso"; a Controlar nega "veementemente".

Em 48 h, ação mudou cara da cracolândia, diz Haddad

Menos de 48 horas depois de lançar programa para tentar ressocializar viciados, o prefeito Fernando Haddad (PT) comemorou o desmonte da chamada "favelinha" da cracolândia. "Em apenas dois dias, conseguimos mudar a cara da região", disse o prefeito, durante visita ao local.

Embora o tom dominante entre os usuários seja elogioso, alguns já começam a relatar dificuldades em se adequar às regras do programa. "Tem hora para tudo. Se for para me controlarem assim, não fico no hotel", disse Valéria Viana, 21.

Agência autoriza quase 2.000 voos extras para a Copa

Para atender a demanda dos torcedores entre 6 de junho e 20 de julho, ou seja, uma semana antes e uma semana depois do início e do término dos jogos, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou a revisão das operações das companhias aéreas.

No total, as empresas conseguiram a inclusão de 1.973 novos voos, um adicional de 1% ante o praticado hoje.

Segundo a Anac, 78.027 alterações em trechos já existentes foram feitas. Isso pode incluir desde cancelamento de voos com menor demanda no período a adaptação de horários e rotas. A agência reguladora não explicou quantos voos foram cancelados.

Alckmin não indica perda com cartel e põe ação sob risco

O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) não atendeu à decisão judicial que determinou a indicação dos prejuízos causados pelo cartel que fraudou licitações de trens em São Paulo de 1998 a 2008 e colocou em risco o processo em que pede indenização às empresas acusadas de envolvimento nos conluios.

A administração estadual argumenta que não tem "elementos suficientes" para determinar os danos aos cofres públicos e que para isso será necessária "complexa perícia que terá por escopo comparar os preços de mercado com os contratados".

Governo quer pôr limite a preço de remédio similar

Diretores da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o ministro Alexandre Padilha (Saúde) anunciaram ontem que pretendem igualar os preços máximos de genéricos e similares.

A medida é parte da proposta do governo de unificar a regra para a venda das "cópias" dos remédios de referência. A mudança, antecipada pela Folha em dezembro, permitirá que os similares sejam oferecidos pelas farmácias como alternativa ao medicamento de referência prescrito pelo médico.

Shoppings em SP fecham as portas para evitar 'rolezão'

A ideia era prestar solidariedade aos "rolezinhos", os encontros de adolescentes da periferia nos shopping da cidade que têm assustado lojistas e donos de estabelecimentos. Porém, os dois "rolezões" marcados para ontem em dois shoppings, o Jardim Sul e o Campo Limpo, deram com a cara na porta.

Com medo de confusão, ambos estabelecimentos foram esvaziados e fecharam suas portas, antes de os manifestantes se aproximarem. Os atos foram convocados pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e coletivos da periferia.

Eleger Dilma é 'fundamental' a condenados, diz João Paulo

O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) afirmou ontem que a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014 é "fundamental" para os petistas condenados no processo do mensalão.

"Para nós, da Ação Penal 470 [mensalão], eu, José Dirceu, José Genoino e o companheiro Delúbio Soares, é fundamental ganhar a eleição, porque queremos mostrar que toda essa armação em torno da nossa ação penal é política", disse o petista durante ato de desagravo organizado por aliados que reuniu 300 pessoas em Osasco (SP), seu reduto eleitoral.

Genoino aluga casa para cumprir pena no DF

O ex-presidente do PT José Genoino alugou uma casa em Brasília --no nome de seu filho Ronan Kayano Genoino - para cumprir parte da pena de prisão domiciliar que recebeu devido à condenação no processo do mensalão. Genoino foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha e terá de pagar uma multa de R$ 667,5 mil. Situado num bairro de classe média alta da capital, o imóvel foi alugado por R$ 4 mil num contrato inicial de apenas dois meses.

Para frear desgaste, Lula aconselha Haddad

Preocupado com o desgaste da gestão petista em São Paulo e seu efeito sobre a campanha do partido pelo Palácio dos Bandeirantes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu-se nesta semana com Fernando Haddad e deu um conselho: o prefeito precisa fazer mais política e melhorar a comunicação institucional do governo.

Segundo a Folha apurou, Haddad fez um relato das dificuldades que vem vivendo desde que assumiu o comando da cidade. Queixou-se do que chamou de "cerco" contra sua administração no Judiciário, no Ministério Público, além da dificuldade de caixa para investir.

Pré-candidato do PT tem estreia 'apagada' na Lavagem do Bonfim

Escolhido pelo PT para suceder ao governador Jaques Wagner, Rui Costa fez ontem sua estreia como pré-candidato do partido na Bahia, durante a Lavagem do Bonfim. Pouco conhecido do público, o secretário da Casa Civil de Wagner e deputado federal licenciado passou quase despercebido - não foi alvo de vaias nem aplausos. A festa, que reuniu cerca de um milhão de pessoas em Salvador, é um termômetro da popularidade dos políticos baianos.

Correio Braziliense

Igreja faz mea-culpa inédito sobre pedofilia

Pela primeira vez, o Vaticano se expõe a um questionamento público e direto sobre as denúncias de abusos sexuais cometidos por integrantes do clero. Em audiência no Comitê das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, em Genebra, uma comissão de Roma admitiu a ocorrência dos crimes e ressaltou os esforços para evitar novos casos. Apesar de reconhecer avanços, os comissários da ONU condenaram as punições brandas a pedófilos. Em homilia, o papa Francisco classificou os escândalos como uma “vergonha para a Igreja".

Prepare-se: na Copa, só vai melhorar 1%

As companhias pediram a criação de 1.973 voos para atender o aumento do número de passageiros durante a Copa do Mundo, o equivalente a apenas 1% do total operado atualmente no país. A ampliação, segundo especialistas, deverá ser insuficiente para dar conta de toda a demanda durante o torneio, quando se estima que pelo menos 600 mil turistas estrangeiros e 3 milhões de brasileiros deverão se deslocar para acompanhar os jogos.

O número de pedidos ficou abaixo da expectativa da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que atendeu todas as solicitações. Para o professor Paulo Fleury, diretor-geral do Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos), ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a ampliação ficou aquém do necessário. “Quando a demanda chega perto de 100% da capacidade, ela explode, gera filas e atrasos em cadeia. É muito arriscado ter uma capacidade muito baixa. Para evitar um vexame durante a Copa, o número de voos deveria crescer 20%”, explicou. “É muito pouco. Parece brincadeira”, criticou.

As armadilhas dos cartões

O Brasil é o campeão mundial dos juros no cartão de crédito. Uma dívida no rotativo — quando o consumidor paga apenas o valor mínimo da fatura e financia o restante do débito— pode ultrapassar 700% ao ano. As taxas exorbitantes foram apuradas em pesquisa feita pela Associação de Consumidores Proteste, em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV). O levantamento mostra que a média anual dos juros no cartão é de 280,82% no país. O estudo apontou ainda que as taxas mais altas, entre 487,49% e 705,61% ao ano, são praticadas por produtos financeiros do Santander.

Suspeita de dinheiro sujo

A cooperação internacional com países que mantêm acordos com o Brasil pode ajudar a desvendar o destino de recursos que teriam sido desviados no esquema conhecido como Mensalão do DEM. O Ministério Público Federal apura a remessa de parte do dinheiro para o exterior. Reportagem publicada na edição ontem do Estado de São Paulo, informa que pelo menos US$ 6,8 milhões — correspondentes a R$ 16 milhões — teriam sido depositados em contas secretas em Genebra e em Zurique, dinheiro recentemente bloqueado pela Justiça suíça.

Torturas e silêncio em morte de jovem gay

O corpo do jovem Kaique Augusto Batista dos Santos, 16 anos, cujo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil de São Paulo atesta que ele teria cometido suicídio, apresentava, de acordo com familiares, marcas de tortura. O adolescente foi encontrado morto na madrugada do último sábado, na Avenida Nove de Julho, área central da capital paulista. Ele teria sido visto pela última vez em uma boate gay da região, durante festa.

Plano de Dilma esbarra no caos penitenciário

O plano da presidente Dilma Rousseff de passar um pente-fino nos presídios situados nas 12 cidades que receberão os jogos da Copa do Mundo para evitar rebeliões com exposição de cenas impactantes de violência, conforme revelou o Correio na edição de ontem, esbarra na lentidão das obras com selo do governo federal. Tais empreitadas são necessárias para diminuir a superlotação carcerária, um dos principais motivos de motins mo país. Levantamento dos convênios firmados entre o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligado ao Ministério da Justiça, e os estados que sediarão o campeonato, mostra que, de 87 parcerias para obras e serviços nas penitenciárias, só 12 estão em andamento. Isso equivale a 15% dos contratos que somam R$ 1 bilhão.

Motim em Pedrinhas

Ontem, um princípio de tumulto no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, voltou a acender um sinal de alerta de que a situação não foi apaziguada. O motim ocorreu no Bloco A da penitenciária, em uma das unidades onde parte dos detentos anunciaram no início desta semana uma greve de fome. De acordo com o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tenente-coronel Raimundo Sá, os detentos foram contidos rapidamente.

Genoino arrecada R$ 530 mil

O ex-deputado federal José Genoino (PT-SP) está perto de arrecadar os R$ 667,5 mil que terá de pagar de multa em decorrência da condenação pelo crime de corrupção ativa no julgamento do mensalão. De acordo com números parciais referentes às 18h de ontem, o site criado por amigos e parentes do petista já arrecadou mais de R$ 530 mil. Segundo o coordenador Setorial Jurídico do PT, Marco Aurélio Carvalho, Genoino angariou em 12 horas a quantia de R$ 130 mil, entre as noites de quarta e quinta-feira.

Um novo nome para a Saúde

A presidente Dilma Rousseff quer viajar para Davos, na Suíça, na próxima semana, com o nome do novo ministro da Saúde definido. Para isso, ela deve conversar na próxima semana com Arthur Chioro, secretário de Saúde de São Bernardo do Campo (SP), favorito para suceder Alexandre Padilha, que deve deixar o cargo até o fim do mês. Petista, Chioro é um dos principais auxiliares do prefeito do município paulista, Luiz Marinho, e conta com o aval do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Vaga no Senado está em segundo plano

Mais do que a competência ou a popularidade, a escolha de nomes para a vaga de senador este ano estará essencialmente ligada às chances de o candidato facilitar a vitória de quem está de olho nos cargos do Executivo. Os partidos que encabeçam chapas na campanha por governos estaduais ou pela Presidência da República têm preferido abrir mão de indicar alguém para concorrer ao Senado e se concentrado em firmar alianças que garantam maior tempo de tevê. É o que deve ocorrer nos três maiores colégios eleitorais do país — São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro — onde as legendas estudam ceder o posto no Congresso a aliados em troca de apoio.

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!