MST ocupa fazenda do senador Eunício Oliveira

MST diz que fazenda pertencente a senador é improdutiva, o que, segundo ele, não é verdade. O peemedebista é o candidato a governador mais rico nestas eleições

Uma fazenda pertencente ao senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi ocupada neste domingo (31) por mais de três mil famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). De acordo com o MST, a área, que tem mais de 20 mil hectares e fica em Goiás, é autodeclarada improdutiva.

“O MST denuncia a escandalosa relação do senador Eunício Oliveira com a expulsão de dezenas de famílias camponesas da região, com o único intuito de promover a especulação fundiária, em uma região onde o preço da terra tem se valorizado muito nos últimos anos. Atualmente, além de vastas terras improdutivas, algumas propriedades são arrendadas para a produção de soja e milho, demonstrando o interesse exclusivamente financeiro que o senador tem em relação à área”, disse o MST.

Em nota, a assessoria do parlamentar afirmou que “a área é produtiva” e classificou a ação do movimento como "um ato surpreendente”. Ainda de acordo com a nota, a fazenda cumpre todas as normas da legislação tributária, trabalhista e ambiental. “Confiamos na atuação das autoridades, em todas as esferas de responsabilidade, no sentido de, o mais rápido possível, apresentarem soluções pacíficas para o caso”, consta da nota.

O senador Eunício Oliveira é o candidato a governador mais rico do país nestas eleições. Declarou à Justiça eleitoral bens que somam R$ 99 milhões. A fazenda ocupada é administrada pela Agropecuária Santa Mônica, que também está na lista de bens do peemedebista.

Também em nota, o MST argumentou que “o Congresso é hegemonizado por ruralistas, que possuem mais de um terço do total de deputados e senadores, enquanto os representantes camponeses não chegam a uma dezena”. O movimento citou ainda a influência do poder do agronegócio no processo eleitoral por meio do financiamento das campanhas. “Apesar disso, a força da nossa ocupação demonstra que esse modelo de morte está com os dias contados”.

 

Mais sobre eleições de 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!