Moradores de Roraima ateiam fogo a abrigo de venezuelanos

Moradores do município de Pacaraima (RR), fronteira com a Venezuela, se revoltaram e atearam fogo a pertences de venezuelanos nesse sábado (18).

O ato, em revolta à presença dos refugiados no local, foi realizando na frente do Comando Especial de Fronteira do Exército.

Segundo a Polícia Militar, o protesto aconteceu por causa de um assalto na noite anterior (sexta, 17). Quatro venezuelanos teriam assaltado e espancado um comerciante local, provocando revolta entre os moradores da cidade.

A manifestação começou pacífica, mas terminou em violência com os moradores tacando fogo aos pertences dos refugiados e os expulsando de barracas e abrigos. A polícia de Roraima teve de pedir reforço.

Em nota, o governo de Roraima informou ter enviado reforços da PM para conter os ânimos, bem como profissionais de saúde e medicamentos para suprir as necessidades do hospital de Pacaraima. O governo também pede para que a fronteira com a Venezuela seja fechada e maior atuação do governo federal para lidar com a questão humanitária.

“É preciso que o Exército Brasileiro garanta a ordem na fronteira com a Venezuela”, diz trecho da nota.

Com informações da Agência Brasil.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!