Ministro do STF libera auxílio-moradia para toda a magistratura

Luiz Fux, do STF, já havia concedido benefício a todos os juízes federais. Nova decisão beneficia magistrado das áreas trabalhista e militar, além de atuantes em nove estados

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu autorizar o pagamento de auxílio-moradia para juízes da Justiça trabalhista, da Justiça militar e para magistrados de nove estados que ainda não recebiam o benefício. O ministro estendeu a vantagem, garantida por ele por meio de uma decisão liminar liberando o pagamento para juízes federais.

Motivada por pedidos da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), a nova decisão, proferida ontem, beneficia juízes estaduais do Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Sul e de São Paulo.

Como o valor não é regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o benefício será de acordo com o que é pago pelo Supremo Tribunal Federal, pouco mais de  R$ 4 mil.

O pagamento está previsto na lei orgânica da magistratura. Além dos salários, os juízes podem receber vantagens, como ajuda de custo para moradia nas cidades onde não há residência oficial à disposição.

Na decisão da semana passada, o ministro entendeu que o auxílio deve ser pago a todos os juízes, por estar previsto em lei. “O direito à parcela indenizatória pretendido já é garantido por lei, não ressoando justo que apenas uma parcela o perceba, considerado o caráter nacional da magistratura”.

 

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!