Mario Frias aceita comandar Secretaria da Cultura

O ator Mario Frias aceitou o convite do governo Bolsonaro para assumir a secretaria especial de cultura, segundo informações do UOL. Ele vinha sendo cotado para a pasta mesmo antes do anúncio da saída de Regina Duarte, na manhã desta quarta-feira (20), que ficará à frente da Cinemateca.

> Da Globo ao bolsonarismo: quem é o ator Mario Frias, cotado para a Cultura

Frias é defensor das políticas bolsonaristas e compõe a ala ideológica do governo. O ator está em Brasília desde terça-feira (19) e, na manhã de quarta (20), almoçou com o presidente Bolsonaro e representantes de clubes de futebol carioca.

Frias publicou em seu Instagram um vídeo, no início da noite, em que reitera apoio ao presidente. A publicação recebeu mensagens de apoio, como do ex-vereador do Rio de Janeiro, Carlos Jordy. Nenhuma delas, porém, de artistas ou colegas da cultura.

> Regina Duarte não deixa legado, diz ex-ministro da Cultura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!