Marina vê sucesso do PT, mas diz que partido se tornou “conservador”

Em evento com empreendedores, candidata do PSB à presidência da República avaliou que PT repete fórmula e, por isso, tornou-se conservador

Presidenciável do PSB, a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva afirmou nesta terça-feira (16) que o PT obteve “sucesso”, mas que repete a fórmula, o que o torna "conservador".

"Na década de 80, o PT tinha a palavra nova, produziu um processo de atualização. Alguém consegue imaginar a estrutura sindical no mesmo padrão getulista? Consegue imaginar a política sendo exercida pelos mesmos grupos? Não. Houve uma atualização. O problema é que, quando você tem sucesso, a tendência é repetir a fórmula e, ao repetir a fórmula, você se torna um conservador e não consegue perceber a palavra nova, mas ela virá de alguma forma. Ninguém consegue reter", disse Marina, em encontro com empreendedores.

Marina foi filiada ao PT por 24 anos. E aparece em situação de empate com a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, nas pesquisas de intenção de voto.

"A palavra nova é vista pelo carrasco como uma heresia. Ele tem a palavra velha, que impede a mudança, que interdita a mudança. Então ele te acusa de heresia e corta seu pescoço, para que a palavra nova não circule. Eu vejo isso acontecendo no Brasil", acrescentou Marina.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!